Animação de loading

III Quinzena Gastronómica do Veado

No Restaurante Museu da Chanfana”

Em pleno contexto natural do Parque Biológico da Serra da Lousã, o Restaurante Museu da Chanfana vai apresentar a III Quinzena do Veado, o rei da floresta e da caça grossa em Portugal, de 12 a 27 de Novembro.


A fim de realçar os sabores genuínos e de qualidade da gastronomia cinegética, o “Chef” Victor Fernandes, selecciona uma variedade de pratos de veado para que possa deliciar-se acompanhado com óptimos vinhos no Restaurante Museu da Chanfana.


Este espaço de restauração que é bem mais do que um simples restaurante, abriu ao público em Junho de 2009, na Quinta da Paiva, em Miranda do Corvo, e é considerado um templo da gastronomia regional, com pratos como a Chanfana, os Negalhos, a Sopa de Casamento ou o Bucho recheado.
No ano passado, José Quitério, um dos melhores e mais reconhecidos críticos da gastronomia nacional, promotor e conhecedor da boa mesa e da qualidade na restauração, dedicou um artigo ao Restaurante Museu da Chanfana.


No artigo intitulado “Corvo e Chanfana”, o autor deixou algumas sugestões, como a inclusão do doce conventual Nabada de Semide, entretanto já aproveitada e reinventada pelo “Chef”, e salienta vários aspectos positivos, desde a “eficácia e simpatia do pessoal” ao ambiente com “amesendação esmerada”.


Para poder degustar os pratos da III Quinzena do Veado no Restaurante Museu da Chanfana, aberto diariamente das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 22h00, basta reservar mesa através dos telefones 239538445 ou 915361527. No PBSL, que já foi visitado por cerca de 53 mil pessoas, poderá observar no “Zoo de Vida Selvagem” as últimas espécies aí introduzidas, como os ursos pardos, os linces e os lobos ibéricos, para além de uma grande variedade de animais da fauna nacional, como os veados. Estes, ocupam hoje grandes áreas da Serra da Lousã, com uma população em crescendo, cujo controle tem sido feito através de algumas montarias.


A Quinta Pedagógica, os diversos elementos constituintes do Ecomuseu, tais como o moinho de vento, os engenhos de captação de água, o Museu da Tanoaria e o Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais, são outras das atracções do Parque.


Para além do maior labirinto de árvores de frutos do mundo, o PBSL dispõe de um Centro Hípico com picadeiro coberto, onde se pratica hipoterapia, e de uma zona de lazer com circuito de manutenção e espaços para a prática desportiva.


O Parque Biológico da Serra da Lousã é um projecto de integração social, que se pretende economicamente sustentável, e integra desempregados de longa duração, pessoas excluídas da sociedade e portadoras de deficiência.


Trata-se de um projecto inovador, reconhecido e premiado à escala nacional e europeia, em parceria com a Câmara Municipal de Miranda do Corvo. O PBSL, propriedade da Fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional), sediada no centro da vila de Miranda e que está a celebrar ao longo do mês o seu 24º aniversário, encontra--se aberto ao público nos dias de semana das 9h00 às 18h00 e nos Fins-de-semana e Feriados das 10h00 às 18h00.

Comentários