Animação de loading

Casa das Artes palco do 1º seminário sobre a Serra da Lousã

Numa parceria Fundação ADFP e Câmara Municipal de Miranda do Corvo

Em parceria com a Câmara Municipal de Miranda do Corvo, a Fundação ADFP promove o 1º seminário sobre a Serra da Lousã, sobre turismo, natureza, património e cultura, que abordará o desenvolvimento local, oportunidades e desafios, na Casa das Artes, na Alameda das Moitas, dia 30 de Maio.

O seminário, integrado no plano de acção do CLDS (Contrato Local de Desenvolvimento Social) + "Trilhos do futuro", pretende promover os seis concelhos que abraçam a Serra da Lousã, constituindo uma parceria intermunicipal estratégica, tendo em vista a cooperação conjunta, para o desenvolvimento integrado.
Na sessão de abertura, pelas 10h00, estarão presentes o presidente do Conselho de Administração da Fundação ADFP, Jaime Ramos, o presidente da Câmara Municipal, Miguel Baptista e Adelina Machado, directora regional de Agricultura e Pescas do Centro.

O seminário terá a presença dos autarcas de cinco municípios (Miranda do Corvo, Gois, Penela, Lousã, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera) da Serra da Lousã.

Serão também intervenientes durante os painéis da manhã, Pedro Machado, director do Turismo do Centro, o coordenador da ADXTUR (Agência para o Desenvolvimento Turístico das aldeias do Xisto), Rui Simão, o director do CEARTE (Centro de Formação Profissional do Artesanato), Luís Rocha, Frederico Lucas, territorial developer (empreendedor social para o desenvolvimento territorial) dos Novos Povoadores, e Carmo Lopes, da Escola Superior Agrária.

Os painéis da tarde abordarão os novos projectos para a Serra da Lousã, como o Hotel Parque e e o Templo Universalista da Fundação ADFP, e o Esquio Mountain Reserve (de Penela) que recuperou as aldeias abandonadas do Esquio e Pessegueiro na Serra do Espinhal, transformando-as num empreendimento turístico. E também o Parque Biológico da Serra da Lousã, na Quinta da Paiva, o Mountain Whisper na Aldeia de Xisto do Gondramaz, a DNA (Desporto, Natureza e Aventura) da Lousã e a A2Z Consulting (Penela).

O painel sobre turismo acessível contará com intervenções da ARCIL, Fundação ADFP, Paradigmo e o provedor das Pessoas com Deficiência da Lousã, João Henriques. E finalmente, a encerrar o seminário, o painel sobre o associativismo, com a participação de representantes da Dueceira Eloz (Entre Lousã e Zêzere), Montanha CLUB, Associação Abutrica, Baldios da Lousã e Baldios de Vila Nova.

Para mais informações contactar os Trilhos do Futuro pelos telefones 239099327/397 ou pelo emailtrilhosdofuturo@adfp.pt.

Comentários