Animação de loading

Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade visita Templo Ecuménico Universalista

Dia 1 de Junho, pelas 15H

Dia 1 de junho, pelas 15h, a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Dra. Rosa Monteiro vai visitar o Templo Ecuménico Universalista. 

Em contacto com a Fundação ADFP, a Senhora Secretária de Estado reforçou o interesse em visitar o referido Templo, considerando que este insere-se na sua área de tutela no Governo. 

Inaugurado no dia 11 de Setembro de 2016, é um Templo destinado à reflexão espiritual de pessoas de diferentes religiões, aberto a não crentes, promovendo valores fundamentais da humanidade e das religiões, como a Verdade, a Bondade e a Moral. 

O Templo salienta a tolerância e o respeito pelos diferentes. É um monumento dedicado à Paz, que homenageia as vítimas dos fundamentalismos e da intolerância religiosa. 

 

1º Templo Ecuménico e Universalista do Mundo

Observatório das Religiões

 

O primeiro Templo Ecuménico e Universalista do Mundo situa-se no topo da colina do Parque Biológico da Serra da Lousã e com vistas para os concelhos circundantes de Lousã, Vila Nova de Poiares, Penela e Coimbra.

O edifício configura uma pirâmide de base quadrangular, integrada numa vasta área florestal, e com uma envolvente repleta de símbolos e representações das várias religiões.

Integra um Observatório das Religiões, um espaço interpretativo e multimédia, das várias religiões existentes no mundo, com especial enfoque nas 15 mais representativas, onde se inclui o Ateísmo. Cada uma tem um módulo explicativo dos princípios que as rege e um mapa mundo onde se localiza com mais expressividade.

Integra uma cronologia com os principais acontecimentos religiosos no decurso da humanidade fazendo um cruzamento entre factos e acontecimentos nefastos e positivos que decorreram sob o contexto ou pretexto religioso.

O Templo está aberto entre as 10 e as 17 horas, com fecho de uma hora para almoço. Na bilheteira é possível adquirir ingressos de entrada ou pacotes de visita que integra o Parque Biológico da Serra da Lousã e até mesmo refeições no Restaurante Museu da Chanfana. O sistema de bilheteira funciona em estreita articulação com o Parque Biológico, na medida em que o Templo pertence ao conjunto filosófico e turístico TRIVIUM.

O TRIVIUM é dedicado à liberdade, igualdade e fraternidade: o Parque Biológico representa o corpo e a igualdade do Homem perante todos os seres vivos; o Espaço da Mente, o desenvolvimento da mente e a liberdade de pensar e o Templo Ecuménico que representa, independentemente da fé de cada um, o espírito e a fraternidade.

O Trivium já recebeu mais de 230 000 visitantes.

Trata-se de um inovador “negócio social” destinado a criar postos de trabalho para pessoas vítimas de exclusão laboral, com deficiência ou doença mental.