Animação de loading

Inauguração dia 14, sexta-feira às 15 horas.

Presépio Vivo no Parque Biológico da Serra da Lousã.

Magia natalícia com Nossa Senhora grávida até á noite de Natal

 

Ultimam-se os preparativos em ritmo acelerado para o presépio vivo no Parque Biológico da Serra da Lousã, experiência única com 30 figurantes, que será inaugurado oficialmente na sexta-feira dia 14, pelas 15h00.

O presépio estará patente ao público até ao dia 6 de Janeiro, diariamente, de manhã, das 10horas as 12h 30n e de tarde das 14h ás 17. O encerramento acontecera com os Reis Magos montados a cavalo.

É um presépio num ambiente único onde as figuras bíblicas coabitam com a vida selvagem de Portugal.

A recreação das cenas natalícias estará a cargo de pessoas utentes da Fundação ADFP, na sua maioria portadores de deficiência e/ou doença mental.

Animais da agro-pastorícia tradicional serão também figurantes importantes nesta teatralização do Natal.

Porque é um presépio vivo, com vida real, a figura de Nossa Senhora vai estar garnida até á noite de 24 de Dezembro. Esta grávida retrata a Senhora do Ó ou Senhora da Conceição que, a 25, “passa” a Nossa Senhora, mãe de Jesus da Nazaré . No dia 25 a mulher grávida sai de cena, após dar á luz um “verdadeiro” bebé Menino Jesus, bem instalado na manjedoura.

São José terá a sua profissão de carpinteiro representada com uma pequena oficina de carpintaria. Varias outras artes e ofícios tradicionais, contemporâneos de Jesus da Nazaré vão estar a laborar ao vivo, casos da tecelagem, olaria, conserto de calçado, vime e cestaria.

Vão ser recreações vivas, representadas por pessoas especiais.

Os visitantes poderão adquirir peças de artesanato feitas por esta recreação de uma aldeia dos arredores de Jerusalém, mas também aquecerem-se com uma grande fogueira. Um stand de “Aconchegos de Natal”, venderá bebidas espirituosas, vinho do Parque Biológico, bem como outros produtos ali confeccionados como doces, mel e doces de Natal. Uma mesa com enchidos para ali se assarem e comerem estará também à disposição dos visitantes.

Vai ser a primeira edição deste presépio, cujas receitas são para benefício das valências que integram as pessoas com deficiência e doença mental e outras vítimas de exclusão social e laboral.

Os visitantes do Presépio terão a oportunidade de conhecer a Vida Selvagem de Portugal e retroceder 2.000 anos, até á época de Cristo, dos romanos e dos judeus na Palestina.

Comentários