Animação de loading

Eutanásia é tema de conferência no Hotel Parque Serra da Lousã

Implicações e considerações éticas discutidas por especialistas

O Hotel Parque Serra da Lousã vai ser palco da Conferência “Eutanásia – aspetos clínicos, físicos, psicológicos, espirituais e sociais”, na próxima sexta-feira, dia 8 de junho, pelas 21h15.

Sendo um assunto do interesse de todos os cidadãos portugueses esta conferência tem como objetivo clarificar o termo “Eutanásia” e todas as suas implicações e considerações éticas e sociais no exercício de uma boa cidadania.

A convite da Fundação ADFP, Anselmo Borges, Miguel Oliveira e Rosa Calisto irão integrar uma mesa moderada por Jaime Ramos, em que abordarão o tema que liderou a discussão pública dos últimos dias.

Recentemente, na Assembleia da República, foram apresentados quatro diplomas. Todos preveem que só podem pedir, através de um médico, a morte medicamente assistida, pessoas maiores de 18 anos, sem problemas ou doenças mentais, em situação de sofrimento e com doença incurável, sendo necessário confirmar várias vezes essa vontade.

Depois de chumbada, numa votação imprevisível e uma divisão sem partidos políticos, o projecto lei sobre a despenalização da morte medicamente assistida não fica esquecido, com a promessa de uns que o assunto voltará a votação e com a certeza de outros deputados de que muito falta discutir para poder haver um entendimento.

Entre petições e movimentos, contra e a favor, certo é, e praticamente unânime, que o assunto carece de discussão pela sensibilidade e complexidade do poder dar ou tirar o direito à morte assistida.

A conferência terá como oradores o Miguel Oliveira – Doutorado em Medicina e Presidente do Conselho Nacional de Ética, Anselmo Borges – Padre e Doutor em Filosofia e Rosa Calisto, Médica Obstetra. A moderar a mesa estará Jaime Ramos, Médico e Presidente do Conselho de Administração da Fundação ADFP.