Animação de loading

Espaço da Mente acolhe grupo em iniciativa intimista

Noite Europeia dos Museus

O Espaço da Mente, localizado no Parque Biológico da Serra da Lousã, integrou pela primeira vez o movimento Noite Europeia dos Museus.

A iniciativa intimista, contou com cerca de duas dezenas de pessoas entre colaboradores, dirigentes da Fundação ADFP, proprietária do projeto, convidados e pessoas da comunidade.

Iniciou com um jantar no Restaurante Museu da Chanfana, onde se privilegiou a ementa tradicional - sopa de casamento, chanfana e nabada, introduzindo desde logo a temática central da iniciativa, etnografia e história local.


Seguiu-se a visita ao Espaço da Mente, que decorreu pela noite, com o Dr. Jaime Ramos, presidente do Conselho de Administração da Fundação ADFP e responsável pelo conceito, a explicar o projeto e as narrativas subjacentes à coleção.


Terminou a noite com uma Tertúlia sob a temática "Etnografia - Voz de um Povo", uma conversa informal que contou com a presença da Dra. Zulmira Gonçalves, Diretora do Serviço de Bens Culturais da Direção Regional de Cultura do Centro.


A Dra. Zulmira considerou o Espaço da Mente inovador "sente-se a vertente humana", tem "alma" e "deve ser divulgado, para que as pessoas o venham conhecer". Salientou a importância da mediatização do projeto e os apoios de que poderá beneficiar, principalmente ao nível da divulgação.

O Espaço da Mente, aberto ao público desde abril, é o centro do Ecomuseu Territorial de Miranda do Corvo. Um equipamento pluridisciplinar que cruza várias áreas de conhecimento (biologia, antropologia, história, astronomia, um mini auditório equipado com planetário e projeção horizontal) com a mostra de peças em desuso e recolhidas entre a população. As coleções ilustram narrativas históricas e filosófica, em que o Homem, sob o pressuposto da Liberdade, evolui enquanto espécie, adquirindo características físicas e racionais que o adaptam ao meio, pretendendo, à luz do Homo Sapiens, transcender através da espiritualidade. 

Comentários