Animação de loading

Dos 40 participantes dez passaram “Uma noite no museu”

Dia Internacional da Juventude comemorado no Espaço da Mente

Para comemorar o Dia Internacional da Juventude, a Fundação ADFP organizou uma série de atividades com jovens no Parque Biológico da Serra da Lousã, das quais se destacou “Uma noite no Museu”, com 10 dos participantes a pernoitarem no Planetário do Espaço da Mente.

“Uma Noite no Museu” teve início pelas 21h00, com uma visita noturna ao Parque Biológico da Serra da Lousã, com 40 participantes, que fizeram observação dos hábitos dos animais noturnos acompanhados pelos uivos dos lobos e latidos da raposa, observação astronómica com telescópio e recriação de profissões relacionadas com a coleção exposta no Espaço da Mente.

No final da visita os jovens visitaram o Hotel Parque Serra da Lousã, onde foram recebidos com um lanche.

Dos 40 participantes, de várias faixas etárias, só dez jovens permaneceram no parque para pernoitar no Espaço da Mente, acompanhados de três monitores/técnicos da ADFP e PBSL.

No Espaço da Mente fizeram jogos relativos às profissões tradicionais e que integram a coleção. Dormiram no planetário, e acordaram em pleno ambiente natural da serra da Lousã.

A iniciativa é organizada no âmbito do Clube UNESCO Trivium, em colaboração com o Centro de Atividades de Tempos Livres da Fundação ADFP.


Clube UNESCO Trivium:

Em 2015, a Fundação ADFP inaugurou o Espaço da Mente, um ecomuseu etnográfico que homenageia a necessidade de liberdade do Homem, que, enquanto espécie, difere das outras pela capacidade de materializar o pensamento. A liberdade permitiu ao Homem evoluir e capacitar-se de ferramentas que permitiram a sua adaptação ao meio. A primeira evocada é a liberdade de amar e a última, de alma. Neste percurso apresentam-se as liberdades mais comuns: liberdade política, de pensamento, de imprensa, de religião, entre outras.

Criou o conceito filosófico Trivium, e que dá nome a um Clube UNESCO desenvolvido entre a organização e a Comissão Nacional da UNESCO, e que integra o Parque Biológico da Serra da Lousã, o Espaço da Mente e o futuro Templo Ecuménico Universalista. O Trivium é dedicado à liberdade, igualdade e fraternidade: o Parque Biológico representa o corpo e a igualdade do Homem perante todos os seres vivos; o Espaço da Mente, o desenvolvimento da mente e a liberdade de pensar; o Templo Ecuménico representa o espírito e a fraternidade, independentemente da fé de cada um.

A construção de um Templo ecuménico universalista constitui a demonstração desta atitude da ADFP na promoção de uma sociedade mais humanista assente nos valores que transformaram a Europa num melhor local para se viver. Salientamos que o projeto Parque Biológico da Serra da Lousã / Templo Universalista, foi escolhido em 2014, para representar Portugal no Prémio Internacional da UNESCO MADANJEE SINNGH para a promoção da tolerância e não-violência.


+ Centro de Atividades de Tempos Livres

O CATL da Fundação ADFP tem capacidade para 126 crianças até ao 3º ciclo, e destaca-se pelo facto de funcionar ininterruptamente em todos os dias úteis em horário prolongado das 7h30 às 19h30, com serviço de almoços. Durante o calendário letivo, para além do serviço de refeições escolares, proporciona apoio escolar com professores credenciados.

No componente lúdica, a planificação integra particularmente atividades desportivas, cinema, piscina, e outras voltadas para o exterior.

Comentários