Animação de loading

Vinho da Fundação ADFP é único vinho português Ouro em concurso Italiano

Rabarrabos – Vinho Tinto 2017 |IG Beira Atlântico Terras de Sicó é novamente Ouro.

23 Julho 2019 | Atividade Agroflorestal, Fundação ADFP

O vinho Rabarrabos será apresentado no próximo dia 6 de setembro pelas 18h no Castelo de Penela.

O vinho tinto 2017 IG Beira Atlântico sub-região Terras de Sicó ganhou a única medalha de Ouro para um vinho tranquilo português na edição de 2019 do Mondial des Vins Extrêmes que quebrou todos os recordes tanto para o número de vinhos como para empresas e países participantes.

O Mondial des Vins Extrêmes, organizado pela Cervim, sob o patrocínio da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), é o único evento mundial dedicado especificamente aos vinhos. Produzido em áreas caracterizadas pela viticultura heroica. A competição seleciona os melhores vinhos de viticultura extrema com o objetivo de promover e salvaguardar a produção de pequenas áreas de vinho que se caracterizam pela história, tradição e singularidade, de grande valor ambiental e paisagístico onde cultivam principalmente vinhas nativas. Estas são autênticas "ilhas da biodiversidade vitivinícola" que, no entanto, correm o risco de desaparecer devido à alta produção e custos de produção das vinhas.

Rabarrabos é um vinho tinto elaborado com uvas oriundas de uma vinha da Fundação existente em Penela no lugar de São Sebastião. O vinho é uma justa homenagem ao lugar onde nasce e recebe o antigo nome da aldeia – Rabarrabos, que na década de cinquenta mudou para S. Sebastião.

Este vinho já tinha sido medalhado com medalha de Ouro no Concurso de Vinhos Terras de Sicó na edição deste ano. Foi elaborado pelos cuidados enológicos do consultor Antero Silvano e do enólogo residente da Fundação Gonçalo Moura da Costa.

O projeto vitivinícola da Fundação ADFP é um complemento da sua função social, sendo por isso inclusivo, procurando ocupar e criar postos de trabalho para pessoas com handicaps, e fonte de receitas para contribuir para a sustentabilidade e ajudar mais pessoas. A Fundação assume-se com agente de desenvolvimento local e quer contribuir para a valorização da sub-região de vinhos Terras de Sicó, que abrange os concelhos de Alvaiázere, Ansião, Condeixa, Miranda, Pombal e Soure em parceria com os municípios e outros produtores.

Tags
Comentários