Animação de loading

Repleto de projetos inovadores

Fundação ADFP comemora 27º Aniversário

A Fundação ADFP comemorou mais um aniversário, as comemorações do 27º aniversário começaram quinta-feira à noite com dois momentos, o jantar no refeitório das Residências da Fundação com direito a corte do bolo e de seguida uma reunião do conselho geral.

Sexta-feira as comemorações prosseguiram e pelas 14h teve lugar uma ação de reflorestação no Parque Biológico da Serra da Lousã com voluntários  e colaboradores;  por volta das 17h os protagonistas foram a Universidade Sénior com a inauguração de  uma exposição de trabalhos na biblioteca Miguel Torga; pelas 18h30 decorreu a abertura solene do ano letivo com uma palestra dada por Manuel Carraco dos Reis, Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Montemor-o-Velho.

Para terminar o dia de Sexta, o presidente do conselho de administração, num jantar mais reservado fez a apresentação de alguns projectos futuros.

O auge das comemorações aconteceu no domingo, com uma manhã recheada de surpresas, pelas 9h00 utentes, colaboradores e voluntários reuniram-se na entrada da sede, para depois, partirem num autocarro cedido pela Fundação para o Senhor da Serra, onde teve lugar a inauguração da Residência Bondade, destinada a dar resposta a pessoas com doença mental, o descerramento da lápide ficou a cargo da engenheira Gabriela Morais.

Por volta das 10h30 foi feita uma visita pré inaugural ao Espaço da Mente, um museu localizado no Parque Biológico que pretende originar uma reflexão sobre o homem assente no corpo, mente e espírito, e que recupera e preserva os testemunhos materiais de outros tempos, marcos dos modos da vida e da identidade de uma população que se regeu por uma economia rural de subsistência.

Todos os presentes elogiaram bastante o museu e o diversificado espólio que o constitui.

De seguida fez-se uma visita às instalações do Hotel Parque Serra da Lousã, projecto este que se encontra em fase de conclusão e que se prevê a sua abertura para inícios de 2015, pretende oferecer uma maior oferta hoteleira ao concelho, não só de Miranda, mas também aos concelhos vizinhos.

Já no cinema de Miranda do Corvo, foi feita a apresentação de projetos futuros, tais como o Museu do Mel, um espaço social, de convívio e lazer, tendo o mel e seus derivados como principal temática expositiva e decorativa.

Foram apresentados os terrenos de Cadaixo e Lamas, com estes terrenos a fundação tem como objectivo a criação de mais postos de trabalho e a sua própria auto sustentabilidade.

O trivium e o templo foram dos projectos mais esperados, com a apresentação do templo foram desvendados alguns dos seus mistérios, como o Pátio dos Gentios ou até o porquê da sua forma pirâmidal com base quadrangular, seguindo as proporções da razão de ouro e com uma altura de 13,40 metros, em analogia à altura do templo de Salomão.

Ainda no cinema, o Presidente do conselho de administração apelou uma vez mais para que a câmara fosse mais sensivel na resposta ao licenciamentos destes projectos.

Seguiu-se a inauguração da nova cozinha central e de seguida uma visita pré inaugural à nova Residência Respeito, instalada na Fundação ADFP.

O aguardado almoço chegou por volta das 13h, onde juntou várias individualidades. Da comitiva fizeram parte elementos do anterior executivo,o presidente da câmara de Miranda do Corvo, Miguel Baptista; o presidente da Assembleia Municipal, João Mourato e o presidente da Junta de Freguesia de Miranda, Fernando Araújo, de salientar também a presença, entre outros, do edil de Penela, Luís Matias, acompanhado pelo vice-presidente, Emídio Domingues.

Num discurso assertivo o Padre Daniel lamentou “que hoje se esteja a dar mais valor aos animais do que às pessoas” e que a Fundação coloca as pessoas em primeiro lugar.

O presidente da Câmara de Miranda do Corvo, Miguel Baptista, elogiou  a Fundação ADFP pelo “excelente trabalho efectuado”, e prometeu apoiar os projectos da ADFP, garantindo “total empenho do executivo camarário na resolução de problemas”

João Mourato pediu tréguas à Câmara e à Fundação, e para se colocarem acima de querelas partidárias.

Já Nuno Filipe falou sobre a importância da existência de fundações como a ADFP para a sociedade, e do papel importante que a fundação tem para a economia social local.

As comemorações terminaram com um discurso comovente da parte de Jaime Ramos, Presidente da Fundação ADFP, agradecendo a presença de todos e referindo várias pessoas que já passaram pela instituição e a sua importância, aproveitando para anúnciar o lançamento do livro “Os nossos Campeões” em dezembro.

Comentários