Animação de loading

Novo Lar para 30 utentes na Fundação ADFP

Residência Respeito

As antigas instalações do bloco oficinal do Centro Social Comunitário de Miranda do Corvo, foram adaptadas a um Lar de Apoio e Residencial para 30 utentes que entrará a funcionar brevemente.

A nova área residencial, inserida no Centro Social Comunitário sede, irá permitir alargar a resposta residencial, a situações de emergência social. A Fundação espera que a segurança social adapte os acordos a este novo edifício e resposta social .

As oficinas de artes e ofícios tradicionais foram transferidas para o Parque Biológico da Serra da Lousã e a carpintaria , com vertente de formação, foi deslocalizada para a zona industrial .

Esta infraestrutura tem uma área de construção de 1234 m2 e é constituída por 2 pisos, num total de 11 quartos duplos e 6 quartos individuais, todos com quarto de banho privativo, televisão e telefone.

Copa, sala de refeições, salas de convívio, gabinete médico, sala de enfermagem e sótão fazem parte das áreas funcionais deste edifício necessárias ao seu bom funcionamento.

Esta Residência ganhou o prémio BPI Capacitar 2011, no montante de 50 000.00 € e terá um apoio de 150 000.00 € do Município.

O investimento em mobiliário, equipamento para gabinetes, sala de enfermagem e outros ficou em cerca de 20 mil €.

Esta remodelação importou em cerca de 520.000.00 € o que é um preço muito baixo relativamente a outros investimentos similares . Este custo comprova a capacidade da Fundação ADFP de investir em equipamentos sociais com rigor , criando projectos funcionais, bem adaptados às necessidades dos utentes, sem gastos desnecessários ou sumptuosos . O custo final de 174.000 euros por utente num lar residencial evidência esta gestão exemplar da adfp na construção de equipamentos sociais .

Os projectos são criados por uma equipa interna , liderada pela Eng. Gabriela Morais, que inclui alguns colaboradores com deficiência e doença mental, facto a salientar , por ser um gabinete inclusivo com excelente trabalho realizado.

Comentários