Animação de loading

Monte Isidro nova marca de vinho da Fundação ADFP

Vinho foi apresentado na adega em Miranda do Corvo

30 Janeiro 2020 | Eventos, Atividade Agroflorestal

 

Esteve presente a Confraria do Vinho de Lamas, da Geropiga dos Moinhos, Real Confraria da Cabra Velha, Real Confraria da Matança do Porco e Confraria de Ungulados, Javali e Castanha bem como dirigentes, colaboradores e amigos da Fundação.

Gonçalo Moura da Costa, o enólogo residente da Fundação ADFP, apresentou o vinho tinto 2016 Monte Isidro Reserva.

O projeto vitivinícola da Fundação ADFP espalha-se por duas grandes regiões: Terras de Sicó e Beira Interior.

É na herdade de Monte Isidro onde nasce o novo vinho e marca da Fundação ADFP. Monte Isidro em Alpedrinha – Fundão têm cerca de 15 ha de vinha. As uvas criadas em plena Serra da Gardunha são transportadas para Miranda do Corvo onde se dá todo o processo de transformação.

Com base das castas Alfrocheiro, Rufete e Touriga Nacional estagiou 6 meses em barricas de carvalho francês. Este vinho realça o espirito da instituição – mãos que se unem por um bem maior – além de tantos colaboradores, deficientes, pessoas especiais, este vinho teve a ousadia de ser trabalhado por três técnicos: Eng. Daniel Fernandes acompanhou toda a vindima; Antero Silvano a vinificação e consultoria e por fim o enólogo Gonçalo Moura da Costa o acabamento, afinamentos e engarrafamento.

Jaime Ramos, presidente da Fundação ADFP, anunciou que a Fundação tenciona criar condições para instalar uma pequena adega no Fundão e explicou o projeto agrícola assente em duas propriedades com quase 60 hectares. Na Cova da Beira a Fundação produz uva, azeitona e cereja estando a projetar novas plantações.

Além do vinho, a Fundação lançou este ano no mercado um azeite com a marca Monte Isidro, proveniente de colheitas da mesma herdade.

Monte Isidro além do nome da herdade, realça Santo Isidro – o padroeiro dos agricultores. O néctar, foi degustado pela primeira vez na adega em Miranda e será em breve apresentado no Fundão, a terra que o viu nascer.

Tags
Comentários