Animação de loading

Marques Mendes visitou Fundação ADFP

“A construção do novo hospital é extraordinária”

28 Agosto 2019 | Visitas, Fundação ADFP

O Dr. Marques Mendes, conhecido político e comentador televisivo, visitou a Fundação ADFP de Miranda do Corvo, com especial foco no novo Hospital Compaixão, cuja construção apelidou de “extraordinária”, dia 26 de Agosto.

“Já há muitos anos que estive na ADFP, mas não tinha a noção da sua abrangência atual. Acho que a construção do novo Hospital é extraordinária”, afirmou o conhecido comentador televisivo, reconhecido nessa qualidade pelos trabalhadores e utentes da Fundação. Considerou uma prioridade a abertura dos espaços da enfermaria “reservados para cuidados continuados de convalescença e paliativos “ e considerou que a instituição está de parabéns” por este investimento.

Tendo como cicerone Jaime Ramos, presidente do Conselho de Administração da Fundação ADFP, acompanhado pelo Presidente do Conselho Geral

Quirino São Miguel, pela Dr.ª Fátima Ramos, e pela Eng.ª Gabriela Andrade, responsável pelo projeto do Hospital, Marques Mendes conheceu as principais valências da sede, antes da visita à nova unidade de saúde.

Marques Mendes mostrou-se agradavelmente surpreendido pelo esforço de inclusão e integração de pessoas com deficiência e doença mental. Ao longo da visita foi contactando e conhecendo muitos trabalhadores com deficiência que assumem cargos de chefia e trabalhos de responsabilidade na hierarquia. A Fundação, talvez seja a organização em Portugal, com maior diversidade de públicos e que mais investe na integração laboral de pessoas com necessidades especiais, o que normalmente surpreende positivamente os visitantes, como aconteceu com o Dr. Marques Mendes.

Questionado por uma jornalista sobre a existência de um impasse por parte do Ministério da Saúde relativamente á abertura do Hospital e assinatura de acordos de cooperação com a Fundação o Dr. Marques Mendes desvalorizou dado se encontrar num período pré-eleitoral onde os governos reduzem a sua atividade. Mostrou grande otimismo no sentido de que será assinado um acordo entre o Ministério da Saúde e a Fundação que viabilize a abertura do Hospital.

Afirmou: “ É preciso ter em conta que as negociações entre a instituição e o Ministério da Saúde, levam o seu tempo”, referiu Marques Mendes, não deixando de acentuar que “o Estado será beneficiado pelo acordo pois poderá até gastar menos, devido aos descontos que obtém na negociação da cooperação com uma IPSS “ . O SNS poderá prestar melhores serviços as populações, com mesmos gastos, concluiu. Marques Mendes, que ainda teve tempo de “espreitar” o Parque Biológico da Serra da Lousã, o Ecomuseu Espaço da Mente e o Hotel Parque, considerou a obra da Fundação ADFP como “notável”.

No Espaço da Mente deixou escrito o seguinte comentário: “ Muitos parabéns por esta magnifica iniciativa. Gostei imenso”.