Animação de loading

FUNDAÇÃO ADFP GRATA

AOS “SOLDADOS” INDISPENSÁVEIS DA RETAGUARDA

13 Maio 2020 | Serviços, Fundação ADFP

Em nota enviada para a imprensa, a Fundação ADFP destaca que “nesta “ guerra “ defensiva contra a agressão do inimigo Covid não se pode esquecer o pessoal que mantém na retaguarda as organizações a funcionar”.

 A Fundação ADFP dá nota de que, atualmente, “tem centenas de trabalhadores a apoiar diretamente os cerca de 450 residentes: idosos, pessoas com deficiência ou doença crónica, mulheres e crianças. Possuímos depois uma vasta equipa a trabalhar na retaguarda na área administrativa, lavandaria, cozinha, armazém, transportes e na construção/manutenção”.

"Eletricistas, canalizadores, pedreiros, pintores e carpinteiros fazem diariamente o que é necessário para que nada falhe nas várias estruturas e residências da nossa organização. A Engª Gabriela Morais, uma das mais antigas colaboradoras da instituição, é a responsável por esta equipa que está sempre presente na resolução de avarias e na construção/conservação das instalações”, destaca a Fundação ADFP em comunicado.

 A instituição sem fins lucrativos recorda que “nos períodos de crise há a tendência para se agradecer o trabalho muito importante de quem está na linha da frente mas nenhuma sociedade pode esquecer a dedicação e o trabalho de quem garante na retaguarda os serviços essenciais”.

 A Fundação ADFP termina com “agradecimento público a todos os colaboradores que se mantêm sempre em funções construindo diariamente o sucesso da organização”.

Comentários