Animação de loading

Fundação ADFP completa 32 anos

Idosos, doença mental e saúde com novas respostas

04 Novembro 2019 | Fundação ADFP

O programa de aniversário acentua a atividade social e na saúde da Fundação.

No dia 6 inaugura a ampliação da Residência Cristo Redentor que aumenta a sua capacidade dos atuais 55 residentes para 71. É um equipamento residencial para idosos, com acordo com a Segurança Social para 44 pessoas sendo os restantes 11 residentes a assumir os custos totais.

O Complexo Social Polivalente do Senhor da Serra, freguesia de Semide, possui ainda duas outras estruturas vocacionadas para Cuidados Continuados de Doença Mental, que serão também visitadas após a inauguração das novas camas para idosos.

 São elas uma Residência de Apoio Máximo com capacidade para 24 doentes e uma Unidade Sócio Ocupacional para 30 pessoas com doença mental que estão desde o fia 1 de outubro disponíveis para receber doentes aguardando apenas que o Ministério da Saúde decida largar as respostas de Cuidados Continuados para pessoas com doença mental. A Saúde Mental tem sido “ o parente pobre” da política de saúde em Portugal havendo uma manifesta falta de respostas para favorecer a integração dos doentes na comunidade pelo que se espera que o novo governo invista na criação de novas respostas.

 

 Hospital e Cinema dia 8

 

 Na sexta-feira, dia 8, pelas 15h será feita uma visita ao Hospital Compaixão que continua encerrado aguardando acordos de cooperação com o SNS. Trata-se de um excelente e moderno hospital, bem equipado, que não visa o lucro, procurando cooperar com o Ministério da Saúde na redução das listas de espera nas consultas e cirurgias.

 A fundação deseja que as pessoas possam realizar no hospital os meios complementares de diagnóstico, da radiologia convencional ao TAC e ecografia, exames de gastroenterologia, colonoscopias e endoscopias, cardiologia, pneumologia, otorrino e outras sem perdas de tempo e deslocações evitáveis para Coimbra.

 No Hospital 54 camas estão disponíveis para integrar a rede de Cuidados Continuados com uma Unidade de Convalescença e Paliativos, áreas com resposta manifestamente insuficiente, sendo que não há nenhuma cama desta tipologia em toda a região do Pinhal Interior, obrigando as pessoas a deslocarem-se obrigatoriamente para Coimbra.

 Quando se fala de reforçar a coesão social e melhorar as condições do interior choca que as pessoas de todo o Pinhal Interior não tenham uma única cama de proximidade na tipologia de Convalescença.

 O Hospital dispõe ainda de duas modernas salas para operações das diversas especialidades cirúrgicas aguardando só o acordo com o SNS.

 A Fundação fez um investimento com total previsto de 7 milhões que coloca ao serviço do SNS sem procurar lucro, sendo uma instituição de solidariedade social, de interesse público.

 As 16h 30 será exibido na sala de cinema de Miranda do Corvo o filme, rodado na região, “Para além da memória”. No final haverá um debate sobre a doença mental, um dos temas do filme. Estarão presente artistas, realizador e produtor do filme.

 

 Educação, Agricultura e Turismo

 

 Pelas 20h terá lugar um jantar de aniversário, no Conimbriga Hotel do Paço em Condeixa, o mais recente investimento turístico da Fundação ADFP. 

 A IPSS, com sede em Miranda, é uma das maiores fundações do país no que respeita ao número de trabalhadores. No Distrito de Coimbra é também uma das organizações que tem criado mais postos de trabalho e uma das maiores empregadoras.

 Para além das suas atividades na área da assistência social e da saúde a Fundação desenvolve atividade na área da educação com o Projeto Mentes Brilhantes em Miranda e com o St Paul’s School, colégio bilíngue inglês-português, com currículo internacional, em Coimbra.

 A ADFP é uma organização muito eclética. Só em Coimbra apoia diariamente pessoas em situação de sem-abrigo, idosos e crianças de classe média-baixa no Centro Intergeracional de S Martinho, e crianças de famílias da classe média alta no St. Paul’s School.

 No turismo já é um player importante gerindo 2 hotéis de 4 estrelas, em Condeixa e Miranda, o Restaurante Museu da Chanfana, a cafeteria Museu do Mel, o Parque Biológico da Serra da Lousã, o Ecomuseu Espaço da Mente e o Templo Ecuménico Universalista.

 Na área agrícola tem vindo a desenvolver uma atividade diversificada, da azeitona á cereja, com relevo para a produção de vinha valorizando e trazendo reconhecimento aos Vinhos da Região de Sicó. Com as suas Whine Fest e produção de vinhos de excelência tem vindo a ser motor da valorização dos vinhos de Sicó em cooperação com as autarquias e a Vinifico. Possuindo propriedades agrícolas na Cova da Beira o diretor executivo da Fundação, Rui Ramos, é Presidente da Assembleia Geral da Adega Cooperativa do Fundão. Recentemente a Fundação teve um vinho, Rabarrabos, medalhado com duas medalhas de ouro, uma delas num Concurso em Itália.

 A Fundação tem atualmente mais de 500 colaboradores e cerca de 480 residentes nas suas valências sociais, contando com cerca de 3.400 utilizadores regulares.

 

Tags
Comentários