Animação de loading

O animal do mês de Dezembro é o Veado (Cervus elaphus)

Parque Biológico da Serra da Lousã

No mês de Dezembro o animal em destaque no PBSL é o Veado (Cervus elaphus). A época natalícia está a chegar e nada melhor que o veado para lembrar as renas do Pai Natal, pois as renas e os veados são da mesma família.

Os veados são cervídeos que possuem um elevado dimorfismo sexual, pois apenas os machos possuem hastes, formações de natureza óssea ao nível do crânio. As hastes todos os anos caem após a época da reprodução e voltam a crescer (com mais uma bifurcação por cada ano que passa) o que dá para conseguirmos saber mais ou menos a idade do macho (contando o nº de bifurcações das suas hastes). As novas hastes estão cobertas por veludo (tecido irrigado por muitos capilares) que quando as armações estão completamente desenvolvidas começa a endurecer, o que causa incómodo ao animal que roça as hastes nas árvores e por vezes no chão, de forma a perdê-las.

Na altura da reprodução existe uma "avaliação" de forças entre os machos, através da intensidade e volume de "bramidos" emitidos, razão pela qual a época da reprodução é apelidada de ‘Brama’. É possível observar os veados na Serra da Lousã que foram reintroduzidos na década de 90, sendo os melhores períodos de observação ao final do dia ou de madrugada.

Ao longo do mês decorrem algumas atividades relacionadas com o animal, nomeadamente uma breve apresentação da espécie e uma exposição fotográfica, no Centro de Informação.

‘Apadrinhe um veado e ajude-nos a construir um futuro melhor para os nossos animais’. O apadrinhamento dos animais do parque contribui para a sustentabilidade social e económica do nosso projeto - a preservação de espécies autóctones e a integração social. Assim, o apadrinhamento tem um custo de 60 € (sessenta euros) anuais, recebendo os padrinhos um comprovativo da sua generosidade e um livre-trânsito que lhes permitirá entrar no parque sempre que desejar.

Comentários