Animação de loading

Na Casa da Cultura

Apresentação do Livro “Os nossos Campeões”

Sexta-feira, dia 12 de Dezembro foi feita a apresentação do livro “Os Nossos Campeões” na Casa da Cultura, em Coimbra.

A apresentação contou com as presenças de Jaime Ramos, Carina Gomes (vereadora em representação da CMC), Ramiro Miranda (director do Centro Distrital de Segurança Social ) e António Arnaut.

Na qualidade de anfitriã, Carina Gomes, mostrou o agrado da autarquia em poder apoiar a apresentação de um livro que pelas suas histórias de vida seria concerteza um momento enriquecedor para todos. Deu os parabéns aos Campeões por terem a coragem de exporem as suas vidas, para que as mesmas constituam um exemplo para outros cidadãos.

Jaime Ramos, presidente do conselho de administração, após uma breve apresentação, referiu que o que distingue a Fundação ADFP de outras instituições é que a mesma “não se limite a  trabalhar para deficientes,mas com deficientes".

Comparando a busca de talentos nas pessoas com incapacidade referiu o projeto “Mentes Brilhantes” destinado à procura de crianças talentosas nas diferentes áreas , das ciências as artes .

O dever de “Fraternidade”, “Bondade” e acima de tudo “Liberdade de Amar” foram questões bastantes valorizadas na intervenção de Jaime Ramos .

Salientou que o livro era egoísta ao evidenciar o trabalho da adfp , altruísta ao mostrar exemplos de pessoas felizes que podem ajudar a que outros sonham a felicidade é um acto de gratidão pelo esforço e dedicação à fundação por parte dos colaboradores com deficiência .

Já Ramiro Miranda apresentou uma intervenção mais focada na pespectiva da segurança social, referiu que a adfp e uma instituição economicamente sustentável e geradora de mais valias é importante para o desenvolvimento da economia social e finalizou com o elencar de testemunhos constantes do livro que classificou como enormes lições de vida.

António Arnaut fez uma excelente apresentação do livro, citando que “Os Nossos Campeões” foi o livro que mais gostou de apresentar, quer pela sua especificidade e originalidade ,mas sobretudo pelas lições de vida nele presentes.

Citou alguns extractos da Declaração Universal dos Direitos do Homem, que segundo o próprio quando não aplicados são "sujos", referindo que em muitos locais do globo eles não são cumpridos, sendo sistematicamente violados. Referiu também que a sociedade está cada vez menos adaptada a acolher os mais frágeis, mas que, no entanto, na Fundação este aspecto é exemplar através da dignificação da pessoa humana e na sua valorização pelo trabalho, entre outros aspectos.

Terminou com alguns excertos do livro que considerou marcantes e que segundo ele dariam não um, mas vários livros.

O livro “Os nossos Campeões” é um projeto da Fundação ADFP, que conta exemplos de gente com coragem, capaz de criar um projeto de vida feliz, enfrentando as dificuldades que lhes surgiram. As pessoas que o livro nos revela são bons exemplos de luta contra a adversidade, de gente que sabe ultrapassar barreiras. 

O livro já está disponível para quem o queira adquirir em várias livrarias.

Comentários