Animação de loading

Sociedade Humanista Dinamarquesa visitou a Fundação ADFP

Kirsten Karen visitou a instituição e o Templo Ecuménico Universalista

18 Abril 2019 | Visitas, Fundação ADFP

Kirsten Karen, vice-Presidente da Sociedade Humanista Dinamarquesa, visitou a Fundação ADFP e o Templo Ecuménico Universalista de Miranda do Corvo, dia 15 de Abril.

Tendo como cicerone Andreia Antunes, coordenadora do CAO (Centro de Atividades Ocupacionais), Kirsten Karen visitou as principais valências da Sede e passou também pelo Cinema, Centro Infantil, Residência da Cruz Branca, Hotel Parque Serra da Lousã e Parque Biológico.

“O que mais impressiona é o enorme impacto que a Fundação tem na Vila. Fez muito bem localmente”, afirmou Kirsten Karen.

Kirsten Karen é produtora do podcast (arquivo digital de áudio via internet) “Babelfish”, para não-crentes, para torná-los mais visíveis, e com que as suas vozes se façam ouvir, não apenas nos próprios países mas em todo o mundo, onde vivem rodeados de crentes.

A vice-Presidente da Sociedade Humanista Dinamarquesa visitou demoradamente o Templo Ecuménico Universalista da Fundação ADFP, destinado à reflexão espiritual de pessoas de diferentes religiões, aberto a não crentes, no alto de uma colina do outro lado do Parque Biológico.

“Gostei – escreveu no livro de visitantes – do conceito do templo, relembrando genocídios e focado no facto que nós todos precisamos de viver juntos em paz, não importando o que acreditamos”.

Karen Kirsten afirmou também que “como não crente achei um bocado estranho chamá-lo de Templo. O conceito de templo é religioso e pode ser visto como excluindo os não crentes, mesmo se incorpora o ateísmo. Pessoalmente porém, não me sinto ofendida”.

No final da visita, Kirsten Karen foi recebida por Jaime Ramos, Presidente do conselho de Administração da ADFP, com quem teve um encontro de trabalho.

Jaime Ramos salientou o aspeto fundamental de o Templo ser local de reflexão individual que promove a liberdade de crer ou de não crer. Para o “criador” do Templo este é um monumento dedicado á todos aqueles que durante décadas foram vítimas de fundamentalismos e ortodoxia.

Tags
Comentários