Animação de loading

Dia Mundial da Ciência celebrado com experiências

Data

24 Novembro

Local

Parque Biológico da Serra da Lousã

Categoria

Turismo, Educação e Formação

Promotor

Parque Biológico da Serra da Lousã

Descrição

Dia Mundial da Ciência celebrado com experiências no Parque Biológico da Serra da Lousã

Cultura científica irá invadir o Parque e contagiar todos os visitantes 

No próximo dia 24 de Novembro celebra-se o Dia Mundial da Ciência e o Parque Biológico da Serra da Lousã prepara uma programação especial para assinalar a data. Com a cultura científica em destaque, o Parque irá promover vários momentos de experiências durante a tarde de dia 24.

As atividades, que estarão disponíveis mediante o pagamento da entrada no Parque Biológico, decorrerão entre as 14h30 e as 17h00 e permitirão aos mais novos entrar num mundo de cores, explosões e momentos pegajosos onde se sentirão autênticos cientistas.

O Parque Biológico, que em conjunto com o Templo Ecuménico Universalista e o Ecomuseu Espaço da Mente forma o Trivium, localiza-se em Miranda do Corvo e afirma-se como um dos principais atrativos turísticos da região. Diariamente são recebidas centenas de pessoas que vêm de todo o país para conhecer aquela que é a maior amostra de fauna e flora selvagem de Portugal.

O espaço encontra-se divido em várias áreas e integra um Centro hípico, uma Quinta Pedagógica, uma zona museológica e um labirinto de árvores de fruto. Durante a visita podem ser observadas várias espécies de aves de rapina, ursos pardos, linces, lobos, raposas, javalis, veados, entre muitos outros animais.

O principal objetivo do Parque é a promoção da biofilia e a sensibilização dos seus visitantes para a biodiversidade existente no país e para os fatores que ameaçam a sua sobrevivência. Propriedade da Fundação ADFP (FADFP), instituição de solidariedade social sem fins lucrativos com sede em Miranda do Corvo, o Parque é exemplo de uma lógica de integração única, sendo que cerca de 70% dos seus trabalhadores sofrem de algum tipo de doença, deficiência física ou mental.

A instituição proprietária apoia mulheres/mães em situação de pobreza, crianças, jovens e adultos com deficiência ou doença mental, idosos doentes em fim de vida, refugiados, pessoas “sem-abrigo”. A FADFP tem vindo a investir nas áreas do turismo e agricultura contribuindo para o desenvolvimento regional e para a sustentabilidade das suas atividades sociais.

Localizado a menos de 20 minutos da cidade de Coimbra e da belíssima aldeia do Gondramaz, o Parque Biológico é servido por uma unidade Hoteleira – o Hotel Parque Serra da Lousã, e também pelo Restaurante Museu da Chanfana. O Conímbriga Hotel do Paço 4*, em Condeixa, também é propriedade da Fundação ADFP.

Tags
Comentários