Animação de loading

Projeto vitivinícola da Fundação ADFP novamente vencedor

Medalha de Prata no concurso Internacional VinDuero/VinDouro 2020

27 Agosto 2020 | Social, Turismo, Visitas

 

O projeto vitivinícola da Fundação ADFP que é constituído por 12 hectares de vinha na Indicação Geográfica Terras da Beira (Concelho do Fundão), 8 hectares de vinha na Indicação Geográfica Beira Atlântico sub-região Terras de Sicó (Concelhos de Miranda do Corvo, Penela e Condeixa) e uma adega tecnologicamente equipada com capacidade para 300 mil litros de vinho, foi novamente vencedor com a medalha de Prata no maior concurso de vinhos da Península Ibérica  - XVI Concurso Internacional de Vinhos VinDuero/VinDouro 2020. O vinho Tinto Monte Isidro – IG Terras da Beira teve 89,90 pontos, ficando a 10 décimas da medalha de Ouro.

Monte Isidro é o nome do vinho e da herdade no Fundão origem das uvas usadas para produzir o vinho vencedor. Este vinho pode ser encontrado na Loja de Artesanato do Parque Biológica da Serra da Lousã (em Miranda do Corvo) ou na loja virtual da Fundação ADFP (www.adfp.pt).

O projeto vitivinícola da Fundação ADFP tem um propósito social, contribuindo para a inserção de pessoas em situação vulnerável e com algum tipo de deficiência, além dos lucros conseguidos serem canalizados para a missão social da Fundação.

A Fundação ADFP com investimento na área agrícola capacita as regiões onde se insere através do seu desenvolvimento económico e social.

Um dos objetivos filantrópicos da Fundação é valorizar os produtos endógenos nomeadamente o vinho nas Terras de Sicó assente no minifúndio, dando visibilidade e mostrando as potencialidades deste “terroir”, ligado á ocupação romana.

O projeto vitivinícola da Fundação ADFP têm sido repetidamente fonte de prémios em diversos concursos internacionais e nacionais. Atualmente tem como consultor sénior o enólogo Antero Silvano, sendo enólogo residente e responsável pela viticultura o enólogo Gonçalo Moura da Costa.

O projeto vitivinícola da Fundação tem como objetivo engarrafar emoções fazendo vinhos que sejam diferenciadores, que levam a todos o amor, a bondade e a gratidão de tantos que juntos contribuem para o resultado final.