Animação de loading

USM visitou Fundação António Quadros, Biblioteca Municipal e Salinas de Rio Maior

Alunos da Universidade Sénior do Mondego em visita de final de ano letivo

No prosseguimento do tema abordado nas aulas da disciplina Patrimónios com História, “As Salinas de Rio Maior”, e com a participação da disciplina Clube de Leitura, os alunos da Universidade Sénior do Mondego (USM) visitaram a Fundação António Quadros, a Biblioteca Municipal e as Salinas de Rio Maior.

À chegada a Rio Maior e antes da visita à Fundação António Quadros, os alunos seniores realizaram uma curta visita à Biblioteca Municipal Laureano Santos, um dos equipamentos culturais do concelho de Rio Maior, edifício construído de raiz e especificamente para a função a que se destina: a de Biblioteca Pública.

Seguiu-se a visita à Fundação António Quadros - Cultura e Pensamento, também integrada no mesmo edifício, um dos momentos altos do dia, tem por fim o estudo e a divulgação do Pensamento e da Obra de António Quadros, Fernanda de Castro, António Ferro e de quaisquer personalidades de mérito. A sua mentora e Diretora, Mafalda Ferro, fez para o grupo uma apresentação riquíssima não só da Fundação, mas também de toda a história da família da qual faz parte. As várias manifestações expressas por elementos do grupo revelaram bem o interesse despertado por este primeiro contacto com esta Fundação e a sua Diretora, primeiro contacto, pois, logo ficou a promessa e o desejo de uma nova visita da USM.

A comitiva seguiu depois para a Fonte da Bica, onde se localizam as salinas. Aí esperava-a um excelente almoço e a representante do Turismo de Rio Maior, que acompanhou o grupo na visita demorada e sempre explicada, do fenómeno que está na origem das salinas sem mar. Uma mina de sal-gema, extensa e profunda, segundo os técnicos, atravessada por uma corrente subterrânea que alimenta um poço, faz com que a água dele extraída seja salgada, sete vezes mais salgada que a do mar. Da sua exposição ao sol e ao vento e consequente evaporação da água obtêm-se o sal, depositado no fundo dos talhos, o qual depois é colocado em montes, em forma de pirâmides, para secar até ser recolhido. Nas salinas foi possível apreciar em alguns talhos o trabalho diário dos seus proprietários nas diversas tarefas que estão associadas à produção do sal. 

Foi um dia inesquecível para todos e o culminar enriquecedor de mais uma abordagem a patrimónios que a todos orgulham. Foi também o culminar de um ano letivo que todos viveram com intensidade e muito interesse, e terminou com uma viagem tranquila até ao Centro Intergeracional do Mondego e com o pensamento no próximo ano letivo e nos novos temas e desafios que a USM prepara.

A Universidade Sénior do Mondego é uma das valências do CIM, Centro Intergeracional Mondego, da Fundação ADFP, localizado na freguesia de S Martinho do Bispo, Coimbra. Neste centro funcionam também uma creche e duas salas de infantário com ensino pré-escolar.