Animação de loading

Uma mão cheia de actividades e diversão para jovens

Férias de Natal com estrelas no Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã propõe um leque de actividades lúdico-pedagógicas para jovens dos 7 aos 12 anos, nesta época de férias natalícias, com muita diversão mas também aprendizagem com novas experiências, como a observação de estrelas num planetário digital portátil, de 20 a 22 e de 27 a 29 de Dezembro. Os programas terão início pelas 9h30, com uma recepção no Centro de Informação e uma visita guiada ao Parque Biológico, na Quinta da Paiva (Miranda do Corvo) em função do tema do dia, e encerramento às 17h00.


No primeiro programa, de 20 a 22 de Dezembro, o leque de actividades contemplam oficina de barro, vime e tecelagem, oficina de expressão plástica, alimentação dos animais, jogos ligados à Roda dos Alimentos, Paddy-papper, Workshop sobre temática do ciclo da água, Jogos tradicionais e Maneio de Equinos e 4 sessões diárias de Planetário Digital (“Passeio pelo Céu” e “Rovers em Marte”).


Este novo planetário digital portátil, que estará no Parque Biológico da Serra da Lousã de 18 a 22 de Dezembro, para além da observação de estrelas, planetas, cometas, nebulosas, estrelas cadentes, eclipses e outros fenómenos astronómicos, projectados no interior de uma cúpula de lona insuflável, permite a realização de verdadeiras viagens virtuais, graças à sua capacidade de criar imagens tridimensionais em movimento.
 

“Passeio pelo céu” às 10h00 e 14h30 e “Rovers em Marte” às 11h30 e 16h00 serão as projecções a apresentar, numa organização da Fundação ADFP, Câmara Municipal de Cantanhede e ASTROEMIR (Núcleo de Astronomia de Mira).
 

Este projector digital, com o respectivo “software”, que projecta imagens tridimensionais em movimento, dispõe de uma tecnologia em tudo semelhante ao previsto para o Museu Observatório Astronómico da Serra da Lousã, em construção no PBSL, excepção feita à cúpula que será, neste caso, fixa.
O segundo programa, de 27 a 29 de Dezembro, estará igualmente dotado de actividades interessantes tais como oficina de geologia (“Ciclo das rochas”, “Formação de crateras”, “Turvação da água”), equitação, oficina de artesanato e expressão plástica, alimentação dos animais, caça ao tesouro, “como fazer um herbário”, visita à aldeia do xisto do Gondramaz (dia 29), entre outros.
 

Aliás, qualquer visitante, nomeadamente as crianças, já poderão ver as primeiras árvores de Natal do Parque Biológico, seis ciprestes com decorações feitas com materiais reciclados, ao longo da parede do Centro Hípico coberto.
 

Esta actividade decorativa alusiva à quadra tem vindo a ser feita por utentes de algumas valências da Fundação ADFP, tais como o Centro de Actividades Ocupacionais, o Centro Infantil, a Residência Geriátrica e o Lar Residencial, para além do Centro Social de Lamas.
 

A participação nos programas está sujeita a pré-reserva até 3 dias de antecedência (parquebiologicoserradalousa@adfp.pt) e confirmação de disponibilidade. O preçário por pessoa para 1 dia é de 7€, para 2 dias a 13€ e 3 dias a 19€. O almoço não está incluído, podendo os jovens trazê-lo de casa ou optar por menu com sopa, prato e fruta por 5€ mediante reserva prévia.


As actividades estão condicionadas ao número mínimo de 6 participantes, aconselhando-se o uso de vestuário e calçado confortáveis. As reservas podem ser feitas através dos telefones 239 538 444 / 915 361 527 ou do e-mail parquebiologicoserradalousa@adfp.pt/ e do site www.parquebiologicodaserradalousa.net .
 

O Parque Biológico da Serra da Lousã, propriedade da Fundação ADFP, foi definido pelo presidente do seu Conselho de Administração, Jaime Ramos, como “um negócio de turismo ligado à integração social, no qual trabalham cerca de 60% de pessoas com deficiência mental ou física, desempregados de longa duração e vítimas de exclusão social”.
 

Comentários