Animação de loading

Todos juntos podemos fazer mais e melhor

Na Casa Dignidade refeitório social com teto.

A Fundação ADFP ultima as obras e instalação de equipamentos na Casa Dignidade para, já em fevereiro, abrir em Coimbra um refeitório social para as pessoas em situação de sem abrigo.

Este é um primeiro passo para implementar o projecto " Sem-abrigo zero" na cidade de Coimbra que visa apostar na inclusão e integração das pessoas sem-abrigo.

A Fundação ADFP tem enorme respeito por todas as organizações e voluntários que há anos servem refeições na rua às pessoas sem-abrigo e que, com a sua ação diminuem o sofrimento destas vítimas e exclusão social.

A Fundação acredita que, em Coimbra, se pode hoje definir objectivos mais inovadoras e ambiciosos que restituam dignidade a estas pessoas em situação de sem abrigo.

O Refeitório Social Com Teto pretende garantir que estas pessoas possam ter acesso a um jantar sem ser na rua, ao frio ou chuva, com direito a mesa, pratos, talheres e cuidado de higiene.

A Fundação ADFP desafia todas as instituições de Coimbra, que se dedicam a apoiar as pessoas sem-abrigo, a associarem-se a esta iniciativa visando a utilização do Refeitório Social Com Teto e a implementação de um projecto com o objectivo inclusivo de uma cidade com Sem Abrigo Zero.

Este refeitório estará localizado junto ao Parque Verde, próximo da Estação parque, depois do Parque Manuel Braga.

Enfrentar a problemática das pessoas sem-abrigo ou em situação de miséria, exige solidariedade, fraternidade e trabalho conjunto, sem egoísmos ou marginalização de organizações: Todos juntos podemos fazer mais e melhor.

A Fundação ADFP pretende criar uma equipa de voluntários disponíveis para implementar este projecto "Sem-abrigo zero ", "Refeitório Social com Teto ". Os interessados devem enviar dados para geral@adfp.pt.

A equipa é liderada pelos voluntários Prof. Dra. Sónia Mairos, Psicólogo Pedro Machado com apoio da Dra. Dalila Salvador.

A Fundação ADFP pretende implementar na freguesia de Eiras o projecto residencial e social no Planalto do Ingote destinado a acolher cuidados paliativos, crianças com doenças ou deficiências raras e pessoas com doenças degenerativas neurológicas e/ou mentais. Este projecto só aguarda luz verde da Camara de Coimbra para avançar.

Em S Martinho/Fala a Fundações ADFP tem a funcionar uma creche e pré escola que deu continuidade ao trabalho social do Centro Social Paroquial de S Martinho que encerrou por dificuldades económicas. Perante o anunciado encerramento e falência do Colégio de S Martinho a Fundação decidiu prolongar a vida do Colégio neste ano lectivo tendo criado a Universidade Sénior do Mondego. Estes projectos são liderados pela Educadora Lara Guardão, Prof Luís Correia e Dr. Ricardo Pocinho em regime de voluntariado.

Comentários