Animação de loading

Sindicato dos enfermeiros da Zona Centro e Sul reuniu com Fundação ADFP

15 Novembro

Uma delegação do sindicato dos enfermeiros da Zona Centro e Sul esteve reunida com dirigentes da Fundação ADFP de Miranda do Corvo, na sede do Centro Social Comunitário, no dia 15 de Novembro.

 

A reunião, a pedido da Fundação ADFP, serviu para analisar o contracto coletivo de trabalho, a progressão na carreira e o regulamento de faltas, já que a instituição mirandense tem ao seu serviço 34 enfermeiros .

 

Cerca de uma dúzia destes profissionais acumulam o trabalho na ADFP com atividades sem serviços do SNS (serviço Nacional de Saúde).

 

Um número importante de enfermeiros da ADFP, são recém formados, sendo esta sua primeira experiência profissional.

 

Nos próximos meses a Fundação tenciona integrar nos seus quadros mais seis enfermeiros.

 

A Fundação ADFP tem neste momento 5 serviços com enfermagem permanente, de 24horas, incluindo domingos e feriados e um com carga horária parcial, também nos sete dias da semana. Estes serviços com enfermagem em permanência asseguram cuidados na Residência Esperança, Residência Igualdade (ambas com doentes mentais) , nas três Residências Gratidão, Sabedoria e Cristo Redentor com população maioritariamente idosa. Na Residencial Coragem, com pessoas adultas com deficiência, o serviço  não cobre as 24h.

 

A Fundação convidou os representantes do Sindicato a visitar a Residência Cristo Redentor, lar de idosos no Senhor da Serra e a Residência Igualdade (Rio de Vide) com doentes mentais.

 

Na Residência Cristo Redentor, que faz parte do Centro Social do Senhor da Serra a par de uma creche, estão 44 utentes, estando ainda disponíveis 15 vagas, com serviço de enfermagem permanente.

 

Na Residência Igualdade estão alojados 18 doentes mentais provenientes do antigo hospital do Lorvão, com maior nível de dependência em consequência da doença mental, para transmitir a todos que podemos ser muito diferentes, mas sempre igualmente pessoas merecedoras de todo o carinho e apoio.

 

O Sindicato aceitou colaborar com o serviço de pessoal da Fundação ADFP para que a instituição melhore o seu regulamento interno  para bem dos utentes e colaboradores.

 

O Serviço de Pessoal da Fundação ADFP tem a particularidade de ser chefiado por duas pessoas com deficiência, dentro da lógica da organização mirandense de apostar nos talentos dos colaboradores, fazendo esquecer as suas dificuldades.

Comentários