Animação de loading

S. Martinho

Parque Biológico da Serra da Lousã

O dia de S. Martinho comemora-se todos os anos no dia 11 de Novembro, no entanto, o Parque Biológico da Serra da Lousã (PBSL) irá comemorá-lo, no sábado, 12 de Novembro.


O S. Martinho é festejado de norte a sul do país e habitualmente realiza-se um magusto em que grupos de amigos se juntam à volta de uma fogueira e assam castanhas para comer, bebe-se jeropiga, água-pé ou vinho novo, fazem-se brincadeiras, as pessoas enfarruscam-se com as cinzas, saltam a fogueira e cantam cantigas. Desta tradição surgem alguns provérbios como “No Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho” ou “No Dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho”.


Para comemorar o Dia de S. Martinho, no PBSL serão realizadas pelas 14h30 actividades, dirigidas para os mais novos, alusivas ao dia e depois o tradicional magusto.


Sugerimos que, antes das actividades, aproveite para degustar os sabores de Outono no Restaurante Museu da Chanfana, apreciando a bela paisagem envolvente. Estará ao seu dispor uma ementa especial dedicada a esta época do ano e, em particular, ao S. Martinho.


Estas festividades enquadram-se perfeitamente no contexto do PBSL, uma vez que as castanhas usadas no magusto são provenientes dos castanheiros, árvores presentes no parque e muito abundantes na região.


O castanheiro é uma árvore que pode atingir mais de um milhar de anos e, uma vez que existe em Portugal há muitos séculos, é considerada uma espécie indígena, embora haja quem acredite que tenha sido introduzida na Península Ibérica pelos romanos.


O PBSL, além da flora autóctone, possui também uma mostra da fauna do nosso país, no Parque de Vida Selvagem e na Quinta Pedagógica. Centro Hípico, Labirinto de Árvores de Fruto, Roseiral, Ecomuseu, Museu da Tanoaria e Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais são outros dos elementos que podem ser visitados no parque.


O Parque pertence à Fundação A.D.F.P. – Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional – uma Instituição Privada de Solidariedade Social cuja missão passa pela intervenção no apoio social a crianças, jovens, mães vítimas de maus tratos, pessoas com deficiência e/ou doença crónica e idosos.
O PBSL pretende fomentar a biofília e a paixão pela natureza aliando princípios de coesão social, criando emprego e actividades ocupacionais para pessoas deficientes e/ou doentes mentais, vítimas de exclusão.


O Parque encontra-se aberto entre as 9h e as 18h durante a semana e entre as 10h e as 18h aos fins-de-semana e feriados. Dirija-se a Miranda do Corvo e visite o PBSL pois, ao mesmo tempo que descobre algumas curiosidades sobre os animais que partilham em liberdade o nosso território, apoia ainda este inovador projecto de integração social.

Comentários