Animação de loading

Projeto desenvolvido pela Fundação ADFP é um dos dez de todo o país a competir pelo galardão

Mentes Brilhantes da Fundação ADFP finalista do Prémio Manuel António da Mota

A Fundação ADFP, através do Projeto Mentes Brilhantes, potencia os talentos e capacidades dos alunos através de cursos de estudos avançados e atividades de estimulação de forma inclusiva e totalmente gratuita. A promoção do sucesso escolar e o combate ao abandono escolar são tónicas no dia-a-dia dos técnicos que apoiaram mais de 100 crianças no ano letivo anterior.

O sucesso educativo e o carácter inovador do Mentes Brilhantes granjearam-lhe 4 distinções de âmbito nacional em apenas um ano. Em Novembro último, a Fundação Calouste Gulbenkian destacou-o no concurso MUNDAR - Muda o Teu Mundar; depois foi a Revista Visão e a EDP com o prémio "Todos Queremos um Bairro Melhor". Já no mês de Maio a Fundação ADFP recebeu das mãos da Primeira-Dama, a Dra. Maria Cavaco Silva, o prémio Maria José Nogueira Pinto. O último prémio ganho é o galardão Manuel António da Mota (MAM) que confere ao Mentes Brilhantes um lugar entre os 10 finalistas.

O Prémio MAM é uma organização da Fundação com o mesmo nome, da Mota - Engil e da TSF e vai já na sua 6ª Edição. Consagra instituições que se notabilizam na apresentação de iniciativas inovadoras que permitam dar resposta eficaz e eficiente a questões sociais prementes, de relevante interesse público, capazes de gerarem impacto e obterem resultados. Procura-se que contribuam para o desenvolvimento sustentável do país e a construção de uma sociedade mais justa, coesa e solidária.

Este prémio confirma que a Fundação ADFP é cada vez mais um aliado estratégico na área da Educação no concelho de Miranda do Corvo. O grande objetivo é a continuidade dos cursos de estudos avançados e do acompanhamento dos alunos e, se possível, a extensão a mais escolas e mais alunos.

Apesar dos esforços e dos contactos da Fundação junto de alguns parceiros, nomeadamente da Câmara Municipal, ainda não foi possível contactar com o apoio desta. O Mentes Brilhantes é uma iniciativa de sucesso ímpar no concelho, pelo que se torna incompreensível que a menos de um mês do início do ano letivo o executivo mirandense ainda não se tenha comprometido com o projeto. A fundação ADFP considera que o nosso sistema de ensino se limita a cumprir objetivos mínimos. Tal como no futebol onde Portugal lidera na formação de jogadores e treinadores temos o dever de criar um sistema de ensino que potencie talentos e evite o desperdício da inteligência nacional. Tal como acontece no futebol temos o dever de produzir cientistas e artistas que sejam consideramos os melhores do mundo. A Fundação ADFP considera que o projeto Mentes Brilhantes contém o segredo do sucesso educativo e o método que impede o abandono escolar pelo que seria lamentável que as autarquias locais e a CIM não apoiem a sua concretização.

Comentários