Animação de loading

Para o projeto “SEI – Saúde, Educação e Integração”

Fundação ADFP recebeu prémio da Missão Sorriso

A Fundação ADFP de Miranda do Corvo recebeu o prémio da Missão Sorriso no valor de 12.500,00€ para o seu projeto “SEI – Saúde, Educação e Integração”, numa cerimónia realizada no Hospital Garcia da Horta, em Almada, dia 13 de Fevereiro.

Fátima Ramos e Paula Santos, em representação da Fundação ADFP, receberam o cheque que vai contemplar parte da criação de um parque infantil, plantas e sementes com vista à criação de uma horta, alfaias, gaiola/capoeira, e tintas plásticas de exterior.

Os projetos recebidos foram sujeitos a uma avaliação técnico-científica pelo júri e a uma votação, entre o público em geral, via voto on-line. Este ano verificou-se uma maior adesão ao concurso, 282 candidaturas, o que levou o júri a procurar contemplar o maior número possível de instituições.

Com mais de dez anos de existência, a Missão Sorriso continua o seu trabalho com o intuito de garantir a realização de projetos que marquem a diferença junto das crianças e população sénior e na luta contra a fome.

O projeto Missão Sorriso nasceu em 2003, inicialmente como resposta às necessidades dos serviços de neonatologia dos hospitais, em zonas de influência das lojas Continente. Através da venda de livros, cd’s, jogos e outros materiais com a marca deste projeto depressa se alargou a todos os distritos e arquipélagos do país e a outras áreas de atuação.

O projeto SEI vai contemplar as 28 crianças do Lar de Infância e Juventude da Fundação ADFP, alojadas em dois apartamentos na Residência Fraternidade, projetado para proporcionar uma resposta rápida e eficaz a crianças e jovens, entre os 10 e os 18 anos, em situação de grave risco social, perspectivando o encaminhamento para soluções definitivas que assegurem a necessária estabilidade e segurança no seu processo de crescimento.

O L.I.J. é um equipamento que proporciona um acolhimento a crianças ou jovens, em situação de risco, de duração superior a 6 meses, e por encaminhamento da Segurança Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, Tribunais e Direção Regional de Reinserção Social.

O objectivo prioritário da valência e das suas equipas é assegurar condições favoráveis ao desenvolvimento harmonioso e global da criança/jovem.

Comentários