Animação de loading

O campeão nacional de Damas é o primeiro Grande Mestre Internacional português

CATL da Fundação ADFP trouxe Alberto Vaz Vieira a Miranda do Corvo

O recém-Campeão Nacional de Damas, Alberto Vaz Vieira, e primeiro português na história a ser distinguido como Grande Mestre Internacional, pela Federação Internacional de Damas já este ano, esteve em Miranda do Corvo, no âmbito das Férias de Natal do Centro de Atividades de Tempos Livres da Fundação ADFP, dia 19 de Dezembro.

Alberto Vaz Vieira revalidou recentemente, no XXXVI Campeonato Nacional de Damas (lentas), disputado em Santa Maria da Feira, o título de campeão nacional, o seu trigésimo segundo título (entre os quais figura uma Taça do Mundo), a que se somam mais oitenta vitórias em opens nacionais.

Acompanhado por Filipe Paiva, da Comissão Técnica da Federação Portuguesa de Damas, Vaz Vieira visitou as valências da sede da Fundação ADFP, tendo por cicerone Rui Ramos, tendo-se fugazmente encontrado com o Presidente do Conselho de Administração, Jaime Ramos.

Após um almoço no Restaurante Museu da Chanfana, Vaz Vieira e Filipe Paiva estiveram na sala de conferências do Hotel Parque Serra da Lousã, onde o Grande Mestre Internacional português jogou uma simultânea contra cerca de 20 crianças, tentando meter o “bichinho” das damas nestes miúdos, que aderiram ao confronto.

Alguns deles, todas as quintas-feiras, pelas 18h00, têm sessões de Damas com Filipe Paiva.

Com Vaz Vieira, as crianças ficaram a saber que “sendo o xadrez um jogo de estratégia, as Damas vão mais além, porque a estratégia é apenas momentânea. e pela tática”. Vaz Vieira sublinhou que o jogo de Damas surgiu em 1497 através da publicação do primeiro tratado sobre este Desporto e destacou a Enciclopédia Damista, uma revista de 5 mil páginas, de que foi proprietário, Diretor e Editor, Cândido de Sena Carneiro, e que acabou com a sua morte em 2005.

O palmarés deste autêntico monstro sagrado do tabuleiro de Damas que esteve em Miranda do Corvo, é invejável: Campeonato nacional individual (Lentas, pré-FPD): 2; Campeonato nacional individual (Lentas, FPD): 17; Sub campeonato nacional individual (Lentas, FPD): 8; Campeonato nacional individual (Semi-rápidas, FPD): 2;Torneios Internacionais (FPD): 2 ;Taça do Mundo (IDF): 1; Campeonato nacional por equipas (Semi-rápidas, FPD): 2; Taça de Portugal por equipas (lentas): 2; Opens nacionais (calendário da FPD): 80.

Estamos perante um verdadeiro Conquistador (nasceu em Guimarães, mas radicou-se em Coimbra, onde se licenciou em Matemáticas) e, muito provavelmente, um caso raro de longevidade, interessante case study que consegue estar na alta roda de uma modalidade há quatro décadas.

Para aceder à atribuição do título de Grande Mestre Internacional a Alberto Vaz Vieira, pela IDF (Federação Internacional de Damas), pode ir a (https://www.facebook.com/fpdamas).

Quem quiser saber mais sobre a vitória de Vaz Vieira no recente Campeonato Nacional pode fazê-lo através de https://idf64.org/2016/manuel-vaz-vieira-won-the-portuguese-championship/ .

Mas o melhor mesmo foi vê-lo em ação com as crianças do CATL nas Férias de Natal, no Hotel Parque Serra da Lousã, na simultânea que tanto entusiasmou os miúdos.

Comentários