Animação de loading

Novo presidente da UGT Coimbra visitou Fundação ADFP

Acompanhado por mais três sindicalistas

Gonçalo Mendes, o novo presidente da UGT Coimbra, que sucedeu a Ricardo Pocinho, acompanhado por 3 sindicalistas, visitou a Fundação ADFP, para conhecer melhor a realidade da instituição, dia 16 de Março
Os cicerones foram Fernando Marques, responsável pela Formação Profissional e Carolina Soares, que levaram os visitantes a conhecer as valências do Centro Social Comunitário.
Depois juntou-se-lhes Jaime Ramos, o presidente do Conselho de Administração, que os guiou pelo Espaço da Mente e continuou com um almoço de trabalho no Restaurante Museu da Chanfana, que contou também com Andreia Antunes técnica da Formação Profissional.
Sobre a visita, o novo presidente da UGT-Coimbra diria:
“O protocolo entre as duas instituições já vem de 2012. Nós agora queremos pegar nele e reforçá-lo. Para mais a ADFP é uma Fundação que é exemplo nas relações pessoais e serviços. Como tal a UGT COIMBRA tem todo o prazer em continuar a colaborar e apoiar qualquer iniciativa da parte do Dr. Jaime Ramos”.
Ainda antes, ao fim da manhã, Jaime Ramos fez questão de tirar uma foto de grupo com os dirigentes sindicais e com 9 novos contratados pela instituição.
Foram eles 3 Contratos Sem Termo - um deles com uma Senhora de etnia cigana e um com uma jovem desempregada grávida; 2 Contratos Emprego Inserção realizados com um Senhor desempregado a receber subsídio de desemprego e uma desempregada de longa duração,1 Contrato de 1 ano e meio, realizado com uma Senhora que concluiu 6 meses de formação; e 2 Contratos de Estágio Emprego, realizados com 2 jovens desempregados, na área de Fisioterapia e de Empregada de Mesa, a quem foram entregues os códigos de conduta e de ética, que também foram distribuídos pelos sindicalistas.
A Fundação ADFP nas admissões distribui pelos colaboradores um manual de acolhimento e um código interno de conduta e ética. A Fundação solicitou aos sindicalistas que analisassem os documentos e que dessem sugestões de melhoria. A cooperação entre entidades empregadoras e representantes dos trabalhadores é muito importante especialmente quando a entidade pertence ao terceiro sector como é o caso da ADFP.

 

Comentários