Animação de loading

Nascimentos de Lobos (Canis lupus) no Parque Biológico da Serra da Lousã.

Terceiro Aniversario do Parque Biológico da serra da Lousã

Bebés Gamos , javalis e ursos são outras crias recentes do Parque em Miranda do Corvo.

O Parque Biológico da Serra da Lousã foi, no seu terceiro aniversario presenteado com o nascimento de duas crias de lobo.

O Parque Biológico já teve mais de sessenta mil visitantes possuindo a melhora mostra de vida selvagem de Portugal.

Os lobos chegaram ao Parque no final do ano passado, em meados de Setembro, e a excelente adaptação dos animais revela-se no sucesso da reprodução. As crias nascem numa cavidade, cegas e surdas, cobertas de pêlo curto e são completamente dependentes das mães. Quando se tornam adultos são animais bastante comunicativos, usando a audição, o olfacto e a visão para interagir com os outros indivíduos.

Em Portugal, actualmente, só existem alguns lobos em liberdade na região de Trás-os-Montes, sendo o seu estado classificado como ‘Em perigo’. Assim, é necessário proteger e cuidar desta espécie, para no futuro continuar a existir.

Ao visitar o Parque Biológico da Serra da Lousã poderá observar o lobo e mais 375 espécimes e desfrutar de um dia muito agradável na natureza. Pretende-se que seja um projeto sustentável em termos económicos e ambientais e que aposta na coesão social. O objetivo é criar emprego e atividades ocupacionais para pessoas vítimas de exclusão, desempregados de longa duração, deficientes ou doentes crónicos, integrando, promovendo a igualdade e a dignidade humana, incentivando a biofilia e a paixão pela natureza.

O Parqué Biológico já teve mais de sessenta mil visitantes possuindo a melhora mostra de vida selvagem de Portugal. Nas ultima semana também nasceram crias de javali e gamo.

O pequeno urso pardo nascido há alguns meses é hoje o animal mais “querido” pelas crianças na visita ao Parque Biológico em Miranda do Corvo. Com facilidade os visitantes podem observar o pequeno bebe urso a passear com a mãe ou mesmo a tomar banho na “piscina” privativa da família urso, piscina com ligação com o rio Dueça, que atravessa o Parque Biológico.

Os nascimentos destes animais são a prova do evidente bem estar que sentem nas instalações onde os visitante podem conhecer a vida selvagem de Portugal.

O mante da natureza pode não só ficar a conhecer a fauna nacional como contribuir, com o seu bilhete, para a preservação de espécies e para a criação de emprego para pessoas com necessidades especiais.

Comentários