Animação de loading

“Mentes Brilhantes” encerraram o ano letivo

Com cerimónia nos jardins do Hotel Parque Serra da Lousã

O projeto “Mentes Brilhantes” da Fundação ADFP encerrou de forma brilhante mais um ano letivo, na presença dos vários parceiros do projeto, e mais de uma centena e meia de pessoas, dia 24 de Junho.

Ao final de tarde iniciou-se a entrega de diplomas aos alunos de matemática do pré-escolar, seguindo-se os dos cursos de ciências ao 4º ano letivo.

Foi notória a felicidade dos pequenos cientistas ao receber os seus diplomas de participação, após um longo ano de experiências, novos conhecimentos e novas aprendizagens. Tratou-se de um momento de celebração, com sentimento de missão cumprida, em que também estiveram presentes os parceiros do projeto: Agrupamento de Escolas, Associação de Pais, Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Instituto Educação e Cidadania e Caixa de Crédito Agrícola.

Ao longo dos três anos do projeto, a Caixa de Crédito Agrícola tem sido um parceiro indispensável, pela atribuição de um prémio de 250€ aos 10 melhores alunos. Importa referir que por melhores alunos não se refere apenas às notas académicas, mas também às suas participações na comunidade, e escalão social. Este ano, entre os 10 eleitos, encontra-se um aluno residente da Casa do Gaiato, um claro caso de sucesso.

 

Rui Ramos, Diretor Executivo da Fundação, reforçou a necessidade de investir numa educação de qualidade, fazendo a analogia ao novo colégio bilingue St. Paul's School, e garantiu que a continuidade do projeto ficará assegurada enquanto os parceiros assim o entenderem. Este solicitou aos parceiros que estudassem ainda a possibilidade de alargamento a outros anos letivos e ciclos.

 

A vice-Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Ana Gouveia, no seu discurso, referiu que a autarquia está disponível para continuar a apoiar este projeto educativo, e está mesmo disposta a estudar o alargamento a outros níveis de ensino.

 

Para além destes, também Fátima Ramos, Diretora do Hotel Parque Serra da Lousã, e Graça Fachada, em representação do agrupamento de Escolas de Miranda do Corvo, fizeram intervenções no sentido de parabenizar todos os que tornaram possível o projeto, e aos alunos premiados.

 

Sobre o Mentes Brilhantes

O projeto “Mentes Brilhantes” visa despertar as crianças para uma cultura científica que aumente o gosto pelo conhecimento. Entre vários outros reconhecimentos nacionais, foi o grande vencedor do Prémio Manuel António da Mota, atribuído em 2015. O prémio foi entregue pelo general Ramalho Eanes, ex-Presidente da República.

O “Mentes Brilhantes” é um projeto inovador que, sem se substituir ao papel da escola pública, potencia os talentos dos alunos. Visa combater o abandono escolar e promover o sucesso educativo, não marginalizando os sobredotados. Tem como objetivo evitar o desperdício de inteligência, criando um modelo de ensino que descobre talentos nas crianças frequentadoras da escola pública.

O “Mentes Brilhantes” tem sido uma experiência iniciada e desenvolvida no pré-escolar e primeiro ciclo, em escolas de Miranda, com apoio das autarquias e comunidade escolar. Pretende-se alargar a outros níveis de ensino e concelhos, nomeadamente ao de Coimbra.