Animação de loading

Jantam quinzenalmente em restaurantes do concelho de Miranda do Corvo

Utentes da saúde mental da Fundação ADFP

Os jantares quinzenais em restaurantes do Concelho de Miranda do Corvo são mais uma iniciativa da Fundação ADFP, para promover a interação social e integração dos utentes da saúde mental com a comunidade.

O primeiro jantar realizou-se no dia 8 de junho, com 26 utentes no Restaurante Museu da Chanfana e a Fundação está a organizar os seguintes.

Um dos objetivos da iniciativa é minimizar os preconceitos e estigmas associados às pessoas com doença mental.


Os utentes da saúde mental têm a oportunidade de ter um final de tarde diferente, jantando e convivendo num restaurante, o que lhes proporciona momentos de felicidade, como ilustram as fotos.
Este é outro dos grandes objetivos: que se sintam felizes e integrados na comunidade.


O concelho de Miranda tem um conjunto de restaurantes com excelente cozinha regional que promovem a gastronomia desde sopa de casamento ã chanfana e aos negalhos, do bucho ao serrabulho de porco, sem esquecer o leitão, o doce conventual a nabada se Semide. Estes manjares saboreados nos restaurantes locais permitem cortar com a rotina das refeições diárias no refeitório da Fundação ADFP. A Fundação ADFP aposta pelo projeto diferenteMenteiguslMente em serviços que humanizem os cuidados prestados e dignifiquem a pessoa com doença

O primeiro jantar realizou-se no dia 8 de junho, com 26 utentes no Restaurante Museu da Chanfana e a Fundação está a organizar os seguintes.

Um dos objetivos da iniciativa é minimizar os preconceitos e estigmas associados às pessoas com doença mental.


Os utentes da saúde mental têm a oportunidade de ter um final de tarde diferente, jantando e convivendo num restaurante, o que lhes proporciona momentos de felicidade, como ilustram as fotos.
Este é outro dos grandes objetivos: que se sintam felizes e integrados na comunidade.


O concelho de Miranda tem um conjunto de restaurantes com excelente cozinha regional que promovem a gastronomia desde sopa de casamento ã chanfana e aos negalhos, do bucho ao serrabulho de porco, sem esquecer o leitão, o doce conventual a nabada se Semide. Estes manjares saboreados nos restaurantes locais permitem cortar com a rotina das refeições diárias no refeitório da Fundação ADFP. A Fundação ADFP aposta pelo projeto diferenteMenteiguslMente em serviços que humanizem os cuidados prestados e dignifiquem a pessoa com doença

Comentários