Animação de loading

Fundação ADFP na Rede Iberoamericana de Fundações Cívicas e Comunitárias

Internacionalização

 A Fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional ) com sede em Miranda do Corvo é a partir de agora membro da Rede Iberoamericana de Fundações Cívicas e Comunitárias.

 

Desta Rede fazem parte 32 organizações de Espanha, Portugal, Brasil e México, entre fundações cívicas e comunitárias ou análogas. Destas 32 só duas são portuguesas.

 

Enquanto o projeto está a transitar de Fundações Cívicas e Comunitárias para a Rede Iberoamericana, a Fundação ADFP é considerada, enquanto tipologia, uma organização análoga a cívica e comunitária. A passagem final só acontecerá quando o processo de transição terminar.

 

A Rede Iberoamericana considera Fundação Cívica ou Comunitária uma organização não lucrativa, doadora, que reúne fundos de várias fontes para construir um património que seja um recurso permanente para a sua comunidade local. A fundação comunitária ou cívica aproveita a riqueza que já existe na comunidade e encaminha-a para benefício público. Isto dá à comunidade o acesso aos recursos.

 

A Fundação ADFP é um projeto com 25 anos que desde o inicio apostou no desenvolvimento local, tal como o seu nome indica.

 

Sendo uma IPSS, instituição Particular de Solidariedade Social, não se limita a uma atividade assistencial ou caritativa de apoio aos amais desprotegidos. A sua cultura organizacional aponta para investir em pessoas, visando a produção de riqueza e criação de postos de trabalho especialmente dirigi-os para pessoas vitimas de exclusão social, com deficiência ou doença mental.

 

A  ADFP é já uma das maiores fundações nacionais na área social, tendo também como objectivo prioritário a criação de serviços de saúde, sendo uma ong pioneira na resposta a doentes mentais.

Comentários