Animação de loading

Fundação ADFP comemorou Dia Mundial da Saúde Mental

No Parque Biológico da Serra da Lousã

O Dia Mundial da Saúde Mental foi comemorado pela Fundação ADFP, envolvendo cerca de 130 pessoas com deficiência ou doença mental num vasto programa de actividades no Parque Biológico da Serra da Lousã.


Logo pela manhã, os utentes das valências do CAO (Centro de Actividades Ocupacionais), da UVA (Unidade de Vida Apoiada) e da Formação Profissional, participaram numa caminhada que os levou do Centro Social Comunitário até à Quinta da Paiva. Depois, visitaram o Parque Biológico da Serra da Lousã, onde estiveram em contacto com a natureza, conhecendo a flora e fauna locais, nomeadamente o Zoo de Vida Selvagem e o Labirinto de Árvores de Fruto.


Após um almoço no Parque, os utentes tiveram uma aula de ginástica rítmica, ministrada por uma terapeuta, finda a qual se seguiu animado bailarico e um lanche, antes do regresso ao Centro Social Comunitário.


A Fundação ADFP criou e gere três respostas específicas para os doentes psiquiátricos, que são o Fórum Sócio-Ocupacional em Coimbra (resposta ocupacional), parceria com o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra, a Unidade de Vida Apoiada (resposta residencial) em Miranda, parceria com HUC, e o Serviço Comunitário (resposta domiciliária) em seis concelhos (Coimbra, Condeixa, Lousã, Miranda, Penela e Poiares), apoiado pelo Alto Comissário para a Saúde.


Para além destas respostas a Fundação ADFP integra doentes psiquiátricos, combatendo a sua exclusão, integrando-os em serviços destinados a pessoas com deficiência ou doença crónica incapacitante, designadamente nas valências do Centro de Actividades Ocupacionais, da Formação Profissional, Enclave (Emprego Protegido), Empresas de inserção e Lar Residencial.
 

A Fundação ADFP lançou também o projecto ≠/=Mente que visa a integração das pessoas com doença mental grave e tem por objectivo analisar e sedimentar a sua experiência na área da saúde mental nos últimos anos e, por outro, criar condições para o desenvolvimento de novas respostas de reabilitação psicossocial dos doentes mentais.


Este projecto ≠/=Mente assenta numa vasta equipa multidisciplinar com médicos, enfermeiros, psicólogos, sociólogos, antropólogos, técnicos de serviço social, terapeutas ocupacionais, monitores, professores, fisioterapeutas e licenciados em psicomotricidade.
 

Comentários