Animação de loading

Fez nascer o Clube UNESCO Trivium

Protocolo entre a Fundação ADFP e a UNESCO

Uma delegação da Comissão Nacional da UNESCO, organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura, liderada por Jorge Lobo de Mesquita, visitou a Fundação ADFP de Miranda do Corvo, com quem assinou um protocolo que criou o 25º Clube UNESCO do país, o Trivium, dia 11 de Setembro.

O protocolo que criou o Clube UNESCO Trivium (Parque Biológico da Serra da Lousã -Espaço da Mente – Templo Ecuménico Universalista), foi assinado pelo Embaixador e Presidente substituto, Jorge Lobo de Mesquita, e pelo presidente do Conselho de Administração da Fundação, Jaime Ramos.

Na breve cerimónia estiveram também presentes por parte da UNESCO, Anna Ormeche, coordenadora nacional da rede de Centros e Clubes UNESCO, Rita Brasil de Brito, secretária-executiva, e pela Fundação, Nancy Rodrigues, Paula Santos e Fernando Marques.

Os Centros ou Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, escolas, universidades, fundações, círculos culturais, sociais e administrativos da comunidade), de todas as idades, todos os horizontes, de todas as condições, que acreditam nos ideais da UNESCO e desejam apoiar a Organização na sua missão.

Logo após a assinatura do protocolo, Jorge Lobo de Mesquita referiu que “o que vimos aqui, pelo esforço das pessoas, deixa-nos otimistas, foi aliás uma experiência de otimismo. Tudo o que aqui ouvimos e vimos, enquadra-se na agenda mundial para a paz”.

Jorge Mesquita Lobo considerou “exemplar, o trabalho desenvolvido na Fundação, no âmbito da promoção da igualdade, do acesso à educação para todos e na luta contra a descriminação” Jaime Ramos, por sua vez, falou da importância deste protocolo, “com a criação deste Clube Trivium, ficamos com a chancela e o apoio da UNESCO na busca de diagnósticos e soluções para os projetos de promoção de valores humanitários para uma sociedade melhor”.

“É importante a ligação a UNESCO, já que estaremos incluídos numa rede, com valores comuns, valores civilizacionais”.

Por sua vez, Anna Ormeche, também responsável pelas áreas da comunicação e informação, inclusão social e a igualdade de género, revelou que, enquanto Clube Unesco Trivium, a sua primeira ação será a participação no Encontro nacional de Clubes, em Outubro.

Os Clubes UNESCO constituem-se como um prolongamento da acção das Comissões Nacionais e têm como objetivo promover a UNESCO e os seus Programas, propagar os seus ideais através de atividades inspiradas nas atividades da Organização, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros, apoiar os Direitos Humanos, favorecer a compreensão internacional e o diálogo entre os povos, difundir informação relativa à UNESCO junto do público, a nível local.

Comentários