Animação de loading

Estado reconhece importância e qualidade do trabalho desenvolvido

VISITA DO SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE

 “Esta minha visita é o reconhecimento da parte do Estado da importância e qualidade do trabalho desenvolvido pela Fundação ADFP”, afirmou Óscar Gaspar, secretário de Estado da Saúde, durante uma visita à instituição mirandense, sexta-feira, dia 9.

Óscar Gaspar, que visitou o Centro Social Comunitário da Fundação ADFP, em Miranda do Corvo, a convite da instituição, acrescentou que veio “inteirar-se in loco das actividades da IPSS, instituição de grande alcance social”: “o Estado não pode fazer tudo sozinho e as IPSS conhecem as problemáticas locais mais perto do cidadão”.
Após afirmar que na ADFP “há um trabalho muito forte na integração das pessoas com deficiência nas diversas valências”, Óscar Gaspar reconheceu que o trabalho que tem vindo a ser feito há mais de vinte anos “passou para lá das fronteiras”.
Em relação ao projecto de construção do Hospital dos vales do Ceira e Dueça, “em que a Fundação ADFP aposta forte”, Óscar Gaspar começou por referir que “não é o momento adequado para tomar uma posição”, considerando no entanto que o projecto terá de ser “enquadrado no âmbito da Rede do SNS (Serviço Nacional de Saúde), numa óptica de complementaridade e de planificação do equipamento do sector da saúde”.
A esse propósito, Jaime Ramos, presidente da Fundação ADFP, referiu que o projecto tinha de ser visto “numa lógica de serviço de interesse público”, até porque “nem tudo deve ser gerido pelo Estado, pode ser feito com custos menores e maior eficiência, com uma gestão mais racional”.
Jaime Ramos sublinhou a importância do investimento da Fundação ADFP, na prestação de serviços que fazem falta ao Estado, recordando que o custo orçamentado do novo hospital é de 5,5 milhões de euros e defendendo junto de Óscar Gaspar a inclusão do projecto na candidatura ao programa “Modelar”, que prevê uma ajuda ao financiamento no valor de 750 mil euros.
Durante a visita ao Centro Social, o secretário de Estado da Saúde visitou as residências Geriátrica, Assistida e Residencial, acompanhado por João Pimentel, presidente da ARS (Administração Regional de Saúde) do Centro e Fernando Almeida, director do CHP (Centro Hospitalar Psiquiátrico) de Coimbra, entre outras individualidades.
Óscar Gaspar, que esteve nas Unidades de Cuidados Continuados de Saúde, de média e longa duração, considerou-as “da máxima importância” no SNS, numa rede não gerida pelo Estado mas convencionada com as IPSS ou até entidades privadas. O secretário de Estado da Saúde inteirou-se sobre o serviço pioneiro de Apoio Domiciliário à Saúde Mental, criado há dois anos pela Fundação ADFP, sob o o patrocínio do Alto Comissariado para a Saúde, que intervém em seis concelhos do Distrito de Coimbra, envolvendo já 90 utentes: “em breve haverá novidades nesta componente dos Cuidados Continuados na Saúde Mental, e onde daremos certamente uma resposta à Fundação ADFP em relação à continuação do projecto”.
No âmbito da visita, Óscar Gaspar participou num almoço no Restaurante-Museu da Chanfana, na Quinta da Paiva, a convite de Jaime Ramos, com a presença de Fátima Ramos e das mais altas individualidades do concelho.
A escassez de tempo impediu Óscar Gaspar de visitar as obras da Residencial do Senhor da Serra, ficando a promessa de o fazer aquando de nova visita a Miranda do Corvo.
 

Comentários