Animação de loading

Espaço da Mente integra as comemorações do Dia Internacional dos Museus

Parque Biológico da Serra da Lousã com ciência e visitas guiadas noturnas

No dia 18 de maio, todos os espaços museológicos do TRIVIUM serão visitados com o apoio de guias. As visitas terão início pelas 9H / 11H / 14H / 16H, nos vários Museus – Espaço da Mente, Museu da Tanoaria, Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais e Templo Ecuménico Universalista.

Durante a manhã, com início pelas 10h, o projeto Mentes Brilhantes vai liderar as atividades no Espaço da Mente, transformando-o num laboratório para os mais audazes e uma visita guiada para os brilhantes.

À noite, no dia 18 e 19, pelas 21 horas, abre-se as portas do Parque Biológico da Serra da Lousã para uma visita guiada noturna, que integra o Espaço da Mente em mais uma Noite Europeia dos Museus.

Para inscrição nas visitas noturna e informações deverão ​contactar parquebiologicoserradalousa@ adfp.pt​ / Telem. 915 361 527.

+ sobre o Espaço da Mente e o TRIVIUM

O Espaço da Mente é um museu dedicado à liberdade. A primeira liberdade evocada é a liberdade de amar e a última, de alma. No percurso apresentam-se as liberdades mais comuns: liberdade política, de pensamento, de imprensa, de religião, e a de crer e de não crer, entre outras.

O desenvolvimento da Mente diferencia-nos de todas as outras espécies, permitindo a materialização do pensamento, apenas possível com a exigência/existência da Liberdade. Não há desenvolvimento ou civilização sem Liberdade.

O Museu Espaço da Mente faz parte do conceito filosófico Trivium, a par do Parque Biológico da Serra da Lousã e do Templo Ecuménico Universalista, e que dá nome a um Clube UNESCO desenvolvido entre a Fundação ADFP e a Comissão Nacional da UNESCO.

O Trivium é dedicado à liberdade, igualdade e fraternidade: o Parque Biológico representa o corpo e a igualdade do Homem perante todos os seres vivos; o Espaço da Mente, o desenvolvimento da mente e a liberdade de pensar e o Templo Ecuménico, independentemente da fé de cada um, revela o espírito e a fraternidade assumindo -se como monumento memorial de todas as vítimas dos fundamentalismos ao longo dos séculos.

O Trivium já recebeu mais de 230 000 visitantes.

Trata-se de um inovador “negócio social” destinado a criar postos de trabalho para pessoas vítimas de exclusão laboral, com deficiência ou doença mental.

Sobre o projeto Mentes Brilhantes

O Projeto Mentes Brilhantes da Fundação ADFP é composto por uma equipa pedagógica que atua com crianças do pré-escolar e do primeiro ciclo no sentido de valorizar e estimular o desenvolvimento de competências. Através de atividades laboratoriais e pragmáticas pretende-se incentivar a aprendizagem em áreas com baixo índice de sucesso, como a Matemática.

O projeto Mentes Brilhantes tem também como objetivo descobrir talentos nas crianças das escolas do concelho de Miranda do Corvo.

Este projeto foi o vencedor do Prémio Manuel António da Mota em 2015.