Animação de loading

Eclipse total do sol visto parcialmente em Miranda do Corvo

O eclipse total do sol, ocorrido a 21 de agosto, só pôde ser visto em toda a sua plenitude nos Estados Unidos; já em Miranda do Corvo, como no resto do Continente, a superfície do sol só esteve encoberta 19%.

A Fundação ADFP organizou uma observação do eclipse, que ocorreu por volta das 19h46, a partir do Templo Ecuménico Universalista, que integra o conceito do Trivium, a par do Espaço (da) Mente, e do Parque Biológico da Serra da Lousã. Não obstante o eclipse parcial, conseguiram obter-se fotos com grande nitidez.

A Madeira foi a região portuguesa onde o fenómeno foi melhor apreciado. Aqui, a superfície do sol esteve 33% encoberta, comparando com os 19% de superfície encoberta em Portugal Continental.

Se quiser observar este fenómeno sem sair de Portugal, terá de esperar alguns anos. Mais precisamente nove. Só em 2026, um novo eclipse quase total poderá ser visto por cá.