Animação de loading

Dia Mundial do Animal

Parque Biológico da Serra da Lousã

Franciscus van Assisi nasceu a 26 de Setembro de 1182, em Assis (Itália). Franciscus amava os animais e protegia-os. Este chegava a comprar pássaros engaiolados só para os ver voar de novo em liberdade. Morreu a 4 de Outubro de 1226 e, dois anos após a sua morte, foi santificado (Santo Padroeiro dos Animais). Séculos mais tarde, em 1926, no Congresso de Protecção Animal em Viena, Áustria, foi declarado o dia da morte de São Francisco de Assis como o Dia Mundial do Animal. Posteriormente, em Outubro de 1930, foi comemorado pela primeira vez o Dia Mundial do Animal e a 15 de Outubro de 1978 foram registados os direitos dos animais através da aprovação da Declaração Universal dos Direitos do Animal pela UNESCO.

Actualmente, o Dia Mundial do Animal é celebrado em várias países, através de várias eventos e iniciativas, sendo os principais objetivos da deste dia sensibilizar a população para a necessidade de proteger os animais e a preservação de todas as espécies; demonstrar a importância dos animais na nossa vida; celebrar a vida animal em todas as suas vertentes; e reflectir e lembrar que muitos animais sofrem nas mãos humanas.

A Residência Cristo Redentor, que comemorou o seu primeiro aniversário esta semana, integra o Centro Social Comunitário do Senhor da Serra, do qual também faz parte a Creche do Senhor da Serra, ambos foram fruto do investimento da Fundação ADFP, da cedência dos terrenos pela Câmara Municipal de Miranda do Corvo e de fundos europeus no âmbito da QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional). Desde então o Lar tem vindo a crescer de dia para dia e já conta com 45 utentes, tendo mais de metade da sua capacidade ocupada. Durante o seu tempo de existência tem contado com uma série de actividades em conjunto com a Creche do Senhor da Serra e com a Escola Ferrer Correia (Senhor da Serra) promovendo-se, assim, muito frequentemente o convívio entre crianças e idosos.

Para o ano de 2012 o Centro Social do Senhor da Serra preparou um extenso programa dedicado ao ano europeu para o envelhecimento activo e a solidariedade entre gerações. Este programa visa dinamizar ainda mais o convívio intergeracional, um dos princípios basilares da Fundação ADFP desde a sua criação há 24 anos, de forma a sensibilizar todos os utentes e colaboradores para a necessidade do intercâmbio activo e da participação cívica.

Assim, no dia 4 de Outubro - Dia Mundial do Animal - os idosos da Residência Cristo Redentor, as crianças da Creche do Senhor da Serra e os utentes do Centro de Dia de Lamas (3 valências da Fundação ADFP), realizaram durante a manhã um passeio ao Parque Biológico da Serra da Lousã. A visita, guiada pela bióloga do parque, começou pela quinta pedagógica, a apresentação dos novos leitões e da sua "maternidade" e a alimentação do gado caprino e ovino. Seguidamente, passamos aos estábulos dos cavalos e vacas, onde nos foi dada a oportunidade de dar palha aos animais. Por fim, fomos ver alguns dos animais do parque biológico: ursos, patos, cisnes, corvos, lontras, aves de rapina , entre outros.

Para além das crianças e idosos comemorarem o Dia Mundial do Animal, foi também objetivo das técnicas responsáveis pelas valências a promoção salutar dos convívio intergeracional. Como já foi referido é hábito destes serviços a realização de ações sócioeducativas e a dinamização de atividades com crianças e idosos, com o intuito de fomentar a comunicação entre gerações, estimular novas experiências fora do contexto familiar e romper com o isolamento social dos idosos.

Comentários