Animação de loading

Crianças conheceram “sabores, costumes e brinquedos de antigamente”

Projecto no Centro Infantil de Miranda do Corvo

O infantário de Miranda do Corvo, gerido pela Fundação ADFP, realizou um projecto de sala para crianças de três anos sobre o tema “sabores e costumes de antigamente”, inter-geracional, que envolveu também pais e alunos da Universidade Sénior, durante o mês de Maio e de 10 a 30 de Junho.


A educadora Margarida Coimbra criou e realizou o projecto de sala para que as crianças, no tempo de crise em que vivemos, tivessem a noção de como antigamente se comia, se vestia e brincava com pouca coisa.


Dividido em duas partes, a primeira decorreu de 9 a 13, e começou com um intercâmbio com alunos da Universidade Sénior da Fundação ADFP, no qual um antigo moleiro, um barbeiro e um resineiro relataram como viveram a infância às 22 crianças da sala. Também os avós das crianças foram ao infantário contar as respectivas infâncias com fotos e instrumentos, tendo em conta que como se vive agora nada tem a ver com aquela época. No último dia da semana realizou-se um jantar com alguns pais e crianças, vestidos a preceito como antigamente, sendo as mesas dispostas como se fazia, com garrafões e peças de barro. O jantar incluía migas, chanfana, peixinhos da horta, pataniscas, pipis e broa de mel. À entrada do Centro Infantil havia fardos de palha, peneiras, enxadas, concertinas e harmónicas.


A segunda parte do projecto decorre de 10 a 30 de Junho sob o lema “brinquedos de antigamente”, com uma exposição no Centro Infantil, aberta a toda a comunidade, onde as crianças aprenderam pequenas coisas que trouxeram felicidade aos antepassados, como lançar o pião ou saltar à corda, o arco e a macaca, brincadeiras que, em tempo de crise, não acarretam qualquer tipo de custo:”dar às crianças desde já a ideia de que há pessoas que já passaram por muitas coisas e que, se calhar, elas também terão de passar, sensibilizando-as para certas restrições”, concluiu Margarida Coimbra.

Comentários