Animação de loading

Corço (Capreolus capreolus), uma nova espécie recém chegada

Parque Biológico da Serra da Lousã

No início deste mês de Abril, o Parque Biológico recebeu um novo habitante, um corço (Capreolus capreolus). O animal encontra-se debilitado, uma vez sofreu um acidente na A13, tendo neste sentido, a DGAV entrado em contacto com o Parque Biológico para o receber e o tratar. Por volta das 12h o corço foi entregue ao PBSL pela GNR, tendo recebido os primeiros tratamentos.

O Corço é o cervídeo de menor porte existente em toda a Europa, com uma altura média ao garrote de 100 cm. Tal como os veados ou os gamos, os corços apresentam um elevado dimorfismo sexual, ou seja, hastes apenas nos machos. A sua pelagem varia de cor e comprimento, sendo curta e avermelhada no Verão e longa e marrom-acinzentada no Inverno.

A sua alimentação consiste maioritariamente no consumo de plantas leguminosas (folhas, cascas de árvores, plantas cultivadas...) O corço é um animal que consome pouca água retirando-a quase exclusivamente do alimento que digere.


O Parque Biológico pretende assim contribuir para a manutenção das espécies presentes no nosso País.

Comentários