Animação de loading

Com um workshop de latoaria com palestra e demonstração prática

Comemorar o Dia dos Avós no Parque Biológico da Serra da Lousã

Um workshop de latoaria, uma arte em vias de extinção, com palestra alusiva e demonstração prática pelo único latoeiro existente no concelho, mestre Afonso Ferreira da Silva, assinalará na tarde de 26 de Julho o Dia dos Avós no Parque Biológico da Serra da Lousã em Miranda do Corvo.

O papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos, e muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos. Por isso, se diz que os avós são pais duas vezes.

Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.

Comemora-se o Dia dos Avôs em 26 de julho. E esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Em 1879, o papa Leão XIII, cujo nome de batismo era Gioacchino (versão italiana de Joaquim), estendeu a sua festa a toda a Igreja. Finalmente, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria Santíssima, que antes era feita em dias separados.

Para “Conhecer a Arte da Latoaria”, nome da palestra a proferir, é gratuito, bastando para tal pagar entrada no parque, que poderá ser antecedida com um almoço no Restaurante Museu da Chanfana, caso deseje provar o menu do dia, ao preço de 9.50€ por pessoa.

O Parque Biológico é um verdadeiro museu vivo de artes e ofícios tradicionais onde pessoas vitimas de exclusão laboral, deficientes e doentes mentais, mantêm vários ateliers a funcionar: olaria, vidro, tapeçaria, sapataria, mobiliário de vime, cestaria, empalhamento de vasilhame e estofador.

Recordamos que o Parque Biológico recebeu recentemente o 1º Premio Damião de Góis, de empreendedorismo social, atribuído pela Embaixada do Reino dos Países Baixos e Instituto Português de Corporate Governance e também o premio mais valioso atribuído em 2012 pela EDP Solidária.

O Parque Biológico da Serra da Lousã em Miranda do Corvo possui hoje a principal mostra de vida selvagem de Portugal, onde não faltam ursos e lobos com crias, ligando a biofilía e a defesa da natureza á coesão social.

Comentários