Animação de loading

Clube de Damas da Fundação ADFP de Miranda do Corvo no 23.º Open, em São João da Madeira

Clube de Damas da Fundação ADFP de Miranda do Corvo no 23º Open de São João da Madeira - Vai competir com oito damistas, dos 8 aos 15 anos de idade

O Clube de Damas da Fundação ADFP vai participar no 23.º Open Nacional e Internacional de Damas, em São João da Madeira, inserido no calendário Nacional da Federação Portuguesa de Damas, com uma equipa de 8 jovens damistas, dos 8 aos 15 anos. Esta equipa tem a sua génese no Centro de ATL (Atividades de Tempos Livres) da Fundação.

O Open de São João da Madeira disputar-se-á no Auditório Municipal.

A Fundação ADFP assume o transporte dos membros da equipa.

O recém-Campeão Nacional de Damas, Alberto Vaz Vieira, e primeiro português na história a ser distinguido como Grande Mestre Internacional, pela Federação Internacional de Damas, já em 2016 esteve em Miranda do Corvo, no âmbito das Férias de Natal do Centro de Atividades de Tempos Livres da Fundação ADFP, a 19 de dezembro.

Alberto Vaz Vieira, que revalidou recentemente, no XXXVI Campeonato Nacional de Damas (lentas), disputado em Santa Maria da Feira, o título de campeão nacional, o seu trigésimo segundo título (entre os quais figura uma Taça do Mundo), a que se somam mais oitenta vitórias em opens nacionais, já veio a Miranda para uma partida em simultâneo com duas dezenas de damistas da fundação, para incutir o bichinho das damas aos jovens.

Uma vez por semana, o mestre Felipe Paiva, da Comissão Técnica da Federação Portuguesa de Damas, está com os alunos do Clube de Damas da Fundação ADFP, para sessões de treino. Ensinando no ACM, o grande mestre internacional já está a colaborar, também, com a secção criada na Fundação ADFP, em Miranda do Corvo.