Animação de loading

Cinema, privilégio em Miranda, a três dimensões

No Cinema de Miranda do Corvo

O Cinema de Miranda do Corvo iniciou o seu funcionamento com sistema digital, dando uma maior qualidade á sétima arte.

212 Concelhos de Portugal, não tem qualquer sala de cinema com programação regular. São cerca de 3,8 milhões de portugueses, ou seja 40% da população, que tem dificuldade em ter acesso a cinematografia.

Miranda tem uma sala de cinema com uma excelente programação, sempre com filmes recentes, graças a uma parceria que envolve a Câmara Municipal, a Fundação ADFP e a maior distribuidora do país, a Zon Lusomundo.

O desenvolvimento tecnológico dita o fim da película, e a informatização do equipamento de projeção. 

Com o recente encerramento das 66 salas Socorama, e a atual discussão no Parlamento sobre a criação de uma rede pública de cinemas, incluindo a modernização dos existentes, Miranda acaba de instalar um equipamento moderno de sistema digital.

Esta sala é a primeira do distrito, fora das cidades de Coimbra e Figueira - salas das grandes distribuidoras, com máquina de projeção de sistema digital, as mais inovadoras, com a vertente de projetar a três dimensões.

A Câmara Municipal de Miranda não gasta qualquer verba nas despesas correntes da sala de cinema, ao contrário do que acontece noutros concelhos onde são as câmaras a suportar os prejuízos das salas.

 

É a Fundação que assume todos os custos de funcionamento e manutenção, assegurando uma exibição cinematográfica de qualidade e, por outro lado a disponibilização de uma sala com conforto e funcional para múltiplas iniciativas de índole cultural.

Os investimentos na sala foram assumidos a 50% pela Câmara e pela Fundação ADFP.

Esta modernização tecnológica, com capacidade de projeção a três dimensões, teve um custo global de cerca de 75 mil euros.

Os clientes da sala de Miranda têm acesso a ver cinema de qualidade a um preço muito inferior ao preço de bilhete nas cidades de Coimbra ou Figueira, e muito abaixo da média nacional (5 €).

O cinema  tem programação semanal regular com projeções á sexta, sábado e  domingo, com sessões á tarde e noite. Filmes para crianças têm, esporadicamente, projeções matinais.

Este equipamento digital da uma maior polivalência á sala, com 150 lugares, quatro para pessoas em cadeira de rodas, permitindo a exibição de grandes eventos culturais e desportivos em écran gigante.

No próximo sábado, rentabilizando a polivalência desta magnífica sala, equipada com a mais moderna tecnologia digital, a Fundação ADFP e a Câmara Municipal promovem um encontro sobre Dialogo inter-religioso, quê culminará coma a apresentação de um projeto para a construção de um templo ecuménico, universalista.

Comentários