Animação de loading

Centro Social do Senhor da Serra com extensa programação

No ano europeu do envelhecimento activo e solidariedade entre gerações

O Centro Social do Senhor da Serra, da Fundação ADFP, que inclui uma creche e a residência Cristo Redentor para idosos, preparou um extenso programa dedicado ao ano europeu para o envelhecimento activo e a solidariedade entre gerações.


O programa visa dinamizar ainda mais o convívio intergeracional, um dos princípios basilares da Fundação ADFP desde a sua criação há 24 anos, de forma a sensibilizar todos os utentes e colaboradores para a necessidade do intercâmbio activo e da participação cívica.


A Fundação ADFP não poderia ficar indiferente a este tema europeu, pelo que a instituição já começou a desenvolver acções - que reportam à resolução nº61/2011 do conselho de ministros – para promover uma cultura de envelhecimento activo. Tais acções convocam valores como a solidariedade, a não discriminação, a independência, a participação, a dignidade, os cuidados e a auto-realização das pessoas idosas.


Em Fevereiro foi a festa de Carnaval e em Março a festa do Dia do Pai; em Abril actividades de Páscoa e celebração do dia mundial da dança, em Maio a festa do Dia da Mãe e a festa da Família. Em Junho haverá um convívio dos Santos Populares e realização de piqueniques em Junho; comemoração do Dia Internacional da Amizade, festa do Dia dos Avós e comemoração do Dia Nacional da Conservação da Natureza em Julho. O Dia Internacional da Solidariedade em Agosto e o Dia Internacional da Paz em Setembro, antecedem a comemoração do Dia Internacional do Idoso, Dia da Infância, Dia Mundial do Animal e Dia das bruxas em Outubro. Finalmente, haverá um convívio tradicional de magusto em Novembro e, claro, actividades de Natal em Dezembro.


FADFP e Segurança Social rumo a uma” boa parceria”



Com uma nova abertura e sensibilidade do actual governo para a solidariedade social e o anunciado apoio às IPSS, abrem-se assim boas perspectivas para que a Fundação ADFP e a Segurança Social tenham “uma boa parceria”, como sublinhou então o presidente do Conselho de Administração da IPSS mirandense, Jaime Ramos.A residência do Cristo Redentor, aberta ao público desde Outubro último, abençoada em Novembro pelo bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, tem capacidade para 60 idosos e, até agora, 17 clientes pagam mensalidades que poderiam ser bem menores caso a Segurança Social tivesse feitos acordos com a Fundação ADFP.


Na inauguração oficial, a 9 do corrente, o secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, acompanhado pelo director Distrital, Ramiro Miranda, elogiou a acção da Fundação ADFP. Frisou ainda que o Ministério está a trabalhar na “sustentabilidade do sector social e solidário, nomeadamente na viabilização das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), misericórdias e associações mutualistas que estão em dificuldades financeiras”.


Marco António Costa adiantou também que, “em Abril, o governo deverá disponibilizar às instituições uma linha de crédito de 50 milhões de euros”:


“A selecção das candidaturas e a gestão das verbas serão analisadas pela Segurança Social, em conjunto com uma comissão constituída pelos representantes da Confederação Nacional de IPSS, da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), da União das Mutualidades e da União das Misericórdias”, concluiu.

Comentários