Animação de loading

Cantina Social abrangerá 65 refeições diárias ao domicílio

Fundação ADFP e Segurança Social assinaram protocolo

A Fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional) de Miranda do Corvo assinou no passado dia 6 de Julho, através do seu vice-presidente Quirino São Miguel, um protocolo com a segurança social que consiste na prestação de serviços de refeições a pessoas carenciadas.
 

O protocolo assinado no âmbito do Programa de Emergência Alimentar, insere-se na Rede Solidária de Cantinas Sociais e abrange no máximo 65 refeições diárias que os beneficiários vêm buscar para consumir no domicílio. A segurança social pagará 2.50€ por refeição, podendo a FADFP fornecê-la gratuitamente ou mediante pagamento até um euro, consoante a situação dos beneficiários.


Idosos com baixos rendimentos, famílias expostas ao flagelo do desemprego e com filhos a cargo, pessoas com deficiência e pessoas com dificuldades de ingresso no mercado de trabalho, situações recentes com desemprego múltiplo, com doença crónica e baixos rendimentos, são elegíveis para este programa. A exceção são as pessoas que pelos mesmos e mais variados motivos já são apoiadas por qualquer outra via ao nível da alimentação.


A Fundação ADFP espera que as pessoas interessadas e necessitadas deste apoio, contactem os seus serviços nas pessoas das técnicas de serviço social Adélia Marta, Natália Leandro na sede em Miranda, Judite Carvalho no Sr. Serra e ainda Célia Cardoso no Centro Social de Lamas.


Os autarcas e outras entidades poderão encaminhar as famílias carenciadas para terem acesso a este apoio alimentar.

Comentários