Animação de loading

Aves de rapina irrecuperáveis chegam de Lisboa

No Parque Biológico da Serra da Lousã

O Parque Biológico da Serra da Lousã, em Miranda do Corvo, deu as boas vindas a uma dezena de aves provenientes do Centro de Recuperação LxCRAS de Lisboa.

À semelhança da restante avifauna do Parque Biológico, estas aves foram consideradas irrecuperáveis para viver na Natureza por si só, sendo entregues ao Parque para contribuir para a educação e consciencialização ambiental. Deste modo, para a sua libertação no Parque Biológico, foram convidadas as várias voluntárias de biologia e de turismo ambiental que aqui colaboram. Entre os novos habitantes figuram uma águia calçada, águias de asa-redonda, milhafres, peneireiros, gralhas e um corvo que se veem assim juntar às corujas, mochos e águias já residentes no Parque Biológico.

Desde 2009 que o Parque Biológico da Serra da Lousã se assume como uma aposta no turismo de natureza, privilegiando a fauna que habita ou habitou o território nacional, contando na sua coleção selvagem com espécies como linces, lobos ibéricos, ursos pardos, veados, raposas, entre outros, promovendo a educação ambiental dos seus visitantes. Encontra-se aberto todos os dias praticando neste momento horários das 9h-18h durante a semana e das 10h-18h durante o fim-de-semana.

Comentários