Animação de loading

Apadrinhe um dos recém chegados Ursos Pardos, Lobos ou Linces

Neste Natal ofereça um presente original!

Neste Natal ofereça uma prenda singular, como símbolo de solidariedade, apadrinhando um dos animais do Parque Biológico da Serra da Lousã. Animais para apadrinhar não faltam, o difícil será certamente escolher!


O apadrinhamento tem um custo de 60 € (sessenta euros) anuais, recebendo os padrinhos, um comprovativo da sua generosidade e um livre-trânsito que lhes permitirá visitar o parque e observar o animal que apadrinhou sempre que desejar. Este gesto de solidariedade permitirá, simultaneamente, ajudar na causa da preservação da fauna e flora portuguesas tal como contribuir para a sustentabilidade financeira deste projecto social.


Para além desta iniciativa o parque promove, ainda, a oferta de bilhetes grátis aos aniversariantes, basta para isso que apresentem o seu bilhete de identidade no dia do seu aniversário.



A Fundação ADFP, proprietária do Parque Biológico da Serra da Lousã, relembra que "só com o apoio de cada um, este projecto poderá vingar, dando credibilidade à verdadeira preservação das nossas espécies e da nossa identidade nacional".


O Parque visa criar empregos e actividades ocupacionais para pessoas vítimas de deficiência, doença mental e/ou exclusão social, daí que os padrinhos não contribuam só para o bem-estar dos animais como também apoiem um inovador projecto de integração social. O Parque tomar-se-á assim um local de visita obrigatória para todos os amantes da natureza de Portugal, preocupados com a sustentabilidade do território e a sua coesão social. Trata-se de contribuir não para mais um zoo mas sim para um local onde se pode observar e estudar a Vida Selvagem de Portugal em ambiente natural. Por isso só mantemos animais genuinamente portugueses que habitam, ao nosso lado, o nosso território.


O Parque é propriedade da Fundação ADFP, instituição privada sem fins lucrativos, com 24 anos de existência, e para a sua viabilidade e manutenção conta com o apoio e responsabilidade social de pessoas e empresas.
Ajude-nos nesta causa, envolva

a família, os amigos, os conhecidos, e juntos poderemos lutar para preservar o que é genuinamente português!

Comentários