Animação de loading

Ainda há vagas para a Ceia de Natal

Hotel Parque Serra da Lousã esgotado para o Réveillon 2016

Para o Fim de Ano, a lotação do Hotel Parque Serra da Lousã, uma unidade de 4 estrelas, com 40 quartos, encontra-se esgotada.

Na festa que marca o fim de 2015, o programa prevê um cocktail antes do jantar Buffet, ceia e bar aberto, com animação musical com banda ao vivo, e animação infantil com horário próprio disponível na receção.

Já para o período natalício ainda há vagas seja para o Hotel seja para a Ceia de Natal, que inclui entradas, bacalhau com broa, peru assado, sobremesas tradicionais, café, bebidas, águas, refrigerantes e vinhos sugestão do Chefe, também com animação infantil.

Para informações e reservas estão disponíveis os tlf. 917140700 e 239 095 054 e o emailgeral@hotelparqueserradalousa.pt www.hotelparqueserradalousa.pt., nestes primeiros Natal e Réveillon do Hotel Parque, o qual prevê seja no Fim-de-Ano ou no Natal, condições especiais para crianças.

O Hotel dispõe de restaurante, sala para reuniões, sala de leitura, piscina interior, SPA com massagens, sauna, jacuzzi, banho turco e ginásio, um campo de ténis, um campo de squash. Integrando o parque de lazer público existe um campo de areia, um minicampo de relva sintética e um pequeno circuito de manutenção com acesso a piscina exterior e parque infantil.
Integrado no Parque Biológico da Serra da Lousã, com uma paisagem deslumbrante, dos 40 quartos do Hotel, há 29 twins, 8 duplos, 3 suites e 9 têm as comodidades necessárias para pessoas com mobilidade condicionada.

O hotel pretende proporcionar estadias únicas aos seus hóspedes e tem condições perfeitas para famílias, disponibilizando quartos comunicantes e suites.


Os quartos dispõem de comodidades como cofre, minibar, tv, música, wifi grátis, ar condicionado, varanda e na casa de banho, secador de cabelo e espelho de aumento.
A unidade hoteleira tem como tema os Deuses da mitologia greco-romana, uma forma de fazer uma ponte ao Templo Ecuménico que está a ser construído junto do Parque Biológico Serra da Lousã.

Comentários