Animação de loading

A planta do mês de Maio é Gilbardeira (Ruscus Aculeatus)

No Parque Biológico da Serra da Lousã

A Gilbardeira, também conhecida como azevinho-menor, erva-dos-vasculhos e pica-rato, é uma planta subarbustiva da família Ruscaceae e é a Planta do Mês de Maio no Parque Biológico da Serra da Lousã. É uma espécie muito comum na Europa Ocidental, Central e Meridional e no Norte de África e, em Portugal, ocorre por todo o território.

Embora pareçam folhas, as formações que apresenta junto ao caule são, na verdade, extensões do mesmo, designadas por cladódios de onde despontam as flores durante o Inverno e início da Primavera e mais tarde os frutos em forma de bagas, semelhantes aos do azevinho quando maduros. As verdadeiras folhas desta espécie encontram-se reduzidas a escamas de poucos milímetros.

Apresenta um interesse medicinal derivado dos seus rizomas que são utilizados em fitoterapia, no tratamento de hemorroidas e varizes mas também é cultivada para uso ornamental. Devido à sua parecença com o azevinho, é muito utilizada nos arranjos da época natalícia o que levou à sua procura e recolha excessiva na natureza e, consequentemente, causou um decréscimo nas populações. Assim, as autoridades europeias integraram-na na lista de espécies com estatuto de proteção na Directiva Habitat 92/43 CEE.

Assim, o presidente do Conselho de Administração da ADFP, Jaime Ramos, entidade responsável pelo Parque Biológico, apela a que todos venham visitar o parque, compreendam a necessidade e ajudem na conservação desta e de outras espécies ameaçadas.

Comentários