Animação de loading

A celebrar o grande Magusto inclusivo deste Outono

Convívio intergeracional de 100 pessoas da ADFP no Parque Biológico

Cerca de 100 pessoas, entre as quais utentes e equipas técnicas associadas às valências da Fundação ADFP envolvidas, participaram no grande magusto deste Outono, no Parque Biológico da Serra da Lousã, dia 11 de Novembro.

O Magusto, que decorreu numa tarde de sol, serviu de mote para promover o relacionamento entre utentes e técnicos de várias valências, numa mescla de idades, géneros, nacionalidades, crenças e culturas.

Neste espírito, Centro de Atividades Ocupacionais, o Núcleo Terapêutico Ocupacional, o Centro de Acompanhamento, Animação e Atendimento de Pessoas com Deficiência e a Formação Profissional da Fundação ADFP, realizaram as tradicionais comemorações alusivas ao dia de S. Martinho.

Para além dos utentes das valências mencionadas, o Magusto contou com a presença dos jovens do Lar de Infância e Juventude, dos Refugiados Sírios e Curdos e dos Guineenses em formação profissional.

O S. Martinho é festejado de norte a sul do país e, habitualmente, realiza-se um magusto em que grupos se juntam à volta de uma fogueira e assam castanhas para comer, bebe-se jeropiga, água-pé ou vinho novo. É altura de fazerem-se brincadeiras, as pessoas enfarruscam-se com as cinzas, saltam a fogueira e cantam cantigas. Desta tradição surgem alguns provérbios como “No Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho” ou “No Dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho”.

Comentários